+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

O Vale/cerque dos Mortos alberga os restos de 261 corpos transferidos desde Extremadura

 

25/10/2019

Entre 1959 e 1981 se {exhumaron} valas e {nichos} em 19 enclaves da região para transferir os restos aos {osarios} tesoureiros/habilitados no monumento que Franco ordenou erigir aos mortos do bando nacional e onde esteve enterrado também o ditador até ontem. Desses enterramentos procedem os corpos os 261 extremenhos que figuram no registo do Ministerio de Justicia no monumento erigido em {Cuelgamuros} e se acredita que muitos poderiam ser na verdade represaliados do franquismo que foram transferidos sem autorização dos familiares, dado que dos 261 corpos transferidos, há 129 que estão sem identificar segundo os dados da Armhex.

En o caso da Extremadura, se {exhumaron} ao todo valas e {nichos} (os menos) em 19 localidades e dos 261 corpos, 114 se recuperaram na província de Badajoz e outros 147 se transferiram desde a de Cáceres. Entre as vítimas há unicamente uma mulher identificada, {Filomena} {Martínez} {Mordillo}, que foi transferida desde Miajadas.