+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

Os imigrantes chineses do camião frigorífico morreram congelados

O tragicómico acontecimento tem derivado numa grande investigação policial de carácter internacional. No grupo de falecidos no contentor tinha 31 homens e 8 mulheres e todos eram adultos

 

Polícias britânicos inspecionam o camião frigorífico, na quarta-feira. - {AFP} / BEN STANSALL

BEGOÑA ARCE
25/10/2019

La Policía de {Essex} confirmó ayer que las 39 personas halladas sin vida dentro del camión frigorífico el miércoles son de nacionalidad china. No grupo de imigrantes ilegais tinha 31 homens e 8 mulheres. Contra do afirmado num primeiro momento sobre/em relação a a presença de um adolescente, todos os falecidos são adultos. As vítimas teriam perecido congeladas, segundo os meios britânicos. Morreram encerradas no contentor a temperaturas baixo/sob/debaixo de zero, sem possibilidade alguma de sobreviver ou de que seus gritos pedindo ajuda pudessem ser ouvidos.

Os investigadores seguiam/continuavam interrogando ontem ao condutor do veículo, {Mo} {Robinson}, de 25 anos, natural de Irlanda do Norte e detido como suspeito de assassinato {múltiple}. No condado de {Armagh}, onde reside, a Policía registou três propriedades. Segundo algumas informações, {Robinson}, depois de/após estacionar o camião, abriu o contentor para tomar os documentos da carga/carrega e ao ver os cadáveres avisou imediatamente aos serviços de emergência. A testemunha, cujo testemunho não foi ratificado pela Policía, assegura que o condutor se desmaiou. Na investigação estão envolvidas as autoridades de China, donde procediam as vítimas; {Bulgaria}, onde estava registado o camião; Bélgica, de cujo porto em {Zeebrugge} partiu o contentor, e Irlanda, origem e rota do camionista. As autoridades tratam de determinar se «grupos criminosos/criminais organizados pudessem ter participado» na tragédia. De acordo com a Policía de {Essex}, o {trailer} frigorífico onde iam as vítimas chegou a {Purfleet}, no estuário do {Támesis}, procedente de {Zeebrugge} à volta de as 0.30 horas de quarta-feira. Ali foi {enganchado} à cabeça do camião que tinha jogo/partido de Irlanda do Norte. O veículo já ensamblado deixou o porto pouco/bocado depois das 1.05 para estacionar-se a poucos quilómetros, no parque industrial de {Waterglade}, em {Grays}.