+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

Inclusão partilhada

Usuários do sociosanitário e Nuñomoral participam num programa

 

Jogos 8 Usuários, numa saída partilhada. - EL PERIÓDICO

REDACCIÓN PLASENCIA
15/04/2019

O objetivo é conseguir «a participação igualitária das pessoas com deficiência intelectual nos diferentes âmbitos do desenvolvimento social e pessoal do indivíduo». Por isso, uns 70 usuários do centro sociosanitário de Plasencia e do centro urbanização e familiar de Nuñomoral, gerido por Mensageiros da Paz Extremadura, participaram na segunda edição de um programa de inclusão comunitária.

Segundo Mercedes Murias, presidenta da associação extremenha, «a ideia surge com o fim de melhorar a integração e comunicação dos nossos residentes com coletivos similares desde uma metodologia de participação ativa».

Assim, os usuários foram à protetora O Refúgio, de Plasencia, onde participaram numa terapia assistida por animais junto a seus monitores. Entre outros aspetos, trabalharam o exercício físico, a respiração, o equilíbrio, a coordenação {motriz} grossa e a de movimentos e a perceção de sim mesmos.

Também foram ao centro de interpretação do cerejeira em flor, onde 42 usuários do centro sociosanitário e uma vintena do de Nuñomoral conheceram tudo o relacionado com a {cerecera} através de explicações e vídeos. A jornada terminou com um {picnic} e uma tarde de jogos e danças populares. Estas saídas também permitem «normalizar sua participação na vida cultural e social das regiões nas que residem», sublinhou Murias.