+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

Licor off {the} recorde

 

JOSÉ MARÍA De Loma
15/02/2020

Temos de comer muitos {langostinos} para levar os grãos a casa. A frase tem muitos pais mas eu foi ao meu ao que se a ouvi pela primeira vez. Referindo-se ao ofício jornalístico, embora acredito/acho que ele disse gambas. Outros substituem os grãos da frase por {habichuelas}. O caso é que noutro dia fui a um desses almoços com marisco, ou pelo menos com crustáceos, aos que te convida um prócere para contar-te sua versão das coisas. Não me {planteo} se me está comprando até à quarta gamba ao menos. Na primeira estou na {inopia}. Na segunda penso que me as {merezco}. A terceira a coxo porque já há dois comensais que levam quatro, por muito que um deles, {ah}, velho truque, {eche} as cabeças à fonte do centro para que não se saiba quantas se tem comido. Se o restaurante é mau me {ofendo}, vamos ver se este se pensou que sou um dom ninguém ou que me alimento de {comistrajos}. Se é demasiado bom me sinto algo intimidado e invadido em minha ética, mas a ética se dilui com o bom vinho, que faz {chispear} a conversa e a volta mais franca e amistosa. Se me {quedo} com fome me como os remorsos por ter sido convidado por alguém que não faz as coisas gratuito e se os remorsos são muitos lhe {meto} no dia seguinte um {aguijonazo} na coluna, pagando assim a fatura. É brincadeira. Eu sempre digo de pagar a decote. Salvo se levo {jersey} de pescoço alto ou o prócere tem tanto/golo dinheiro que seria absurdo que eu gastasse o meu, podendolo empregar melhor em comprar batidos para meu {crío} ou, com efeito, grãos. O almoço do outro dia foi bem, não nos {insultamos} até ao segundo prato mas já nesse tranze sagrado do princípio, que poderíamos denominar «um pires de presunto ao centro» tivemos nossa primeira escaramuça, dado que o {hombretón} importante queria que recolhesse umas declarações suas que, francamente, me pareciam fora do lugar, inoportunas. Pouco/bocado {noticiosas}. O caso é que após os sobremesas, já que te convidam temos de tomar sobremesa, pedimos um licor com off {the} recorde, que está mais bom. Quando te dizem que é off {the} recorde não falha: desejam que o {publiques}. {Animé} ao importante do {ágape} a tomar-se outro licor, para que se lhe esquecesse tudo o que tinha dito e eu pudesse publicá-lo dizendole logo que me tinha inteirado por outra pessoa. E assim fi-lo. Não me tem chamado. O {maitre} sugeriu outro café. Era muito atento, por certo. H*Jornalista.