+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

Banco de Espanha, ¿tudo vale?

 

M. Fdez-Palacios Gordon
28/03/2019

O Banco de Espanha se esquece de que se financia com o dinheiro de todos e ampara, uma e outra vez, só/sozinho aos poderosos.

Conhecendo que, em comparação com os países da eurozona, Espanha arrecada pouco/bocado, o {soslaya} para criticar a subida do salário mínimo, a vinculação das pensões ao IPC, as cotizações das cuidadoras, o subsídio a maiores/ancianidade de 52, o alargamento do autorização de paternidade ou que as despesas hipotecários o paguem os bancos. Tudo o que seja fazer justiça social, lhe irrita e não o dissimula.

Sejam consequentes e, já que recebem do erário público e Espanha é um estado social, defendam a Constituição e protejam as estruturas, serviços e instituições sugerindo uma subida impositiva que garanta, mediante a distribuição justo da riqueza, umas prestações dignas para o conjunto/clube da sociedade, preservando com eficácia e sem {ambages} o sistema público de saúde, de ensino, de pensões --em lugar de patrocinar o privado--, ou as ajudas à dependência ou às bolsas.

Tenham decência.

MEDALHA DA região

{Gens} uma {sumus}

Andrés Holgado Maestre

Mérida

La importancia del ajedrez como actividad positiva para el aprendizaje y la socialización en la infancia y como {coadyuvante} a mantener de la mejor manera las capacidades cognitivas en la {vejez} están demostradas y constantemente se avanza, portanto, na implementação de planos para sua inclusão em programas educativos e assistenciais nuns ou outros países.

Na Extremadura, graças a muitos clubes nos que pessoas na sua maioria sem retribuição alguma se sacrifícam para mantê-los, se está a viver desde há uns anos uma situação nesse jogo que resulta invejável desde muitas outras zonas de Espanha, que {frecuento} como praticante {contumaz} do mesmo.

Mesmo faz poucos anos, o Clube {Magic} de Mérida conseguiu um Campeonato de Europa de Clubes, marco nunca conseguido, até onde eu sei, por nenhum outro clube espanhol. O fundador do {Magic} e artífice desse êxito e de muitos outros foi Manuel Rodríguez García (campeão absoluto da Extremadura, além disso, em várias ocasiões) em quem me parece o mais justo personificar o esforço de tantos diretivos que entregam seu esforço em benefício de todos os demais, servindo de exemplo e de estímulo aos que logo continuam sua obra, tanto/golo no plano desportivo como organizativo.

Por tudo isso, me {atrevo} a solicitar das autoridades competentes que se lhe reconheça tudo o mérito que tem Manuel Rodríguez García na {boyante} situação atual do xadrez extremenho, e que se lhe conceda a Medalha da Extremadura em 2019, algo que acredito/acho que será apoiado por toda a família {ajedrecística} e, mais além, desportiva, da região.

Essa medalha seria um reconhecimento merecido para ele, e um prémio para todos nós. Graças de antemão pela ajuda na difusão da ideia. Somos uma família: {Gens} uma {sumus}, como reza nosso mote.

A CAMPANHA ELEITORAL

Donald Trump

Martín Sagrera

Madrid

Los dueños del adjetivo proclaman con el mismo Trump que ha sido completamente exonerado de haber colaborado con Rusia para ser elegido presidente. Mas, embora isto fora verdade, e {blanqueara} assim esse aspeto de seu historial moral, ao que de tantas e explícitas maneiras mostrou menosprezar, isto põe ao nu outro aspeto de sua personalidade, muito pior para EUA e o mundo inteiro. Porque suporia que sem a grande vantagem de poder/conseguir comprar-lhe ou fazer chantagemle, Putin escolheu apoiarle por considerar que era o candidato pior para os Estados Unidos e, portanto, mais conveniente para Rússia.

E esta incompetência de

T

{rump} é cada vez mais livre e visível à medida que se consolida no poder/conseguir, embora hoje diminua o grave temor inicial a sua dependência de Rússia, do que agora se lhe absolve.

Por outro lado, que pode ser decisiva, o relatório/informe oficial não exonera a Trump do delito de obstrução à Justiça, pelo que teve já que demitir-se {Nixon}. Por esse e outros pontos suspeitos, a oposição/concurso público democrata tem reclamado a publicação do veredito relacionado com o caso. Nada mais necessário, dado o perfil que com seus atos e declarações se criou este tão lamentável como perigoso presidente.