+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

O museu de arte romana recebe 236.074 visitantes, 3.700 menos que há um ano

Os responsáveis do centro fazem um balanço «muito positivo»

 

Várias pessoas saem do Museu Nacional de Arte Romana. - EL PERIÓDICO

P. C. MÉRIDA
04/01/2019

O Museu Nacional de Arte Romana (MNAR) de Mérida recebeu o ano passado a 236.074 visitantes ao todo, concretamente 218.911 em sua sede da coleção permanente do Museu Romano e 17.163 visitante na Coleção Visigoda. Isso supõe 3.724 visitantes menos que em 2017; um 1,5% menos.

Os visitantes nacionais, segundo procedência, que mais foram ao museu durante 2018 foram os madrilenos, com mais de 30.000 visitas, seguidos/continuados dos procedentes da província de Badajoz e {Sevilla}. Além disso, mais de um 10% chegou de fora de Espanha, de tal forma que os países com maior representação foram Portugal, com quase 9.000 visitantes, Reino Unido e Alemanha.

De igual modo, a atenção a grupos escolares é uma das contribuições mais destacadas, com um total de 321 centros educativos, com 14.487 escolares. Destacam os centros chegados desde a própria cidade de Mérida e do resto da Extremadura; e fora de ela, os que o visitaram procedentes de Portugal, segundo informou ontem o MNAR.

Além disso, a instituição destacou as numerosas atividades realizadas; entre elas a campanha educativa ‘{Mitra}: o deus secreto’, o curso de verão, os projetos I+D ‘{Augusta} {Emerita}’ (de âmbito nacional) e Lusitânia na cidade romana de {Ammaia}, e o programa Erasmus+.

Por tudo isso, qualifica ao ano 2018 como «muito positivo».