+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

O SES abre as sacos de emprego para reter a novos médicos especialistas

Há várias esgotadas ou com poucos profissionais e procura aumentar as listas para planificar o verão. Os facultativos que terminam agora sua residência podem inscrever-se até ao próximo 22 de Maio

 

Uma médico na consulta de um centro de saúde. - EL PERIÓDICO

G. MORAL region@extremadura.elperiodico.com CÁCERES
08/05/2019

Aumentar o número de médicos nas sacos de emprego do Servicio Extremeño de Salud (SES) e reter aos novos especialistas. Estes são os objetivos duma resolução publicada na segunda-feira passada pela que se estabelece um processo extraordinário para atualizar as sacos de trabalha dos médicos: de 46 especialidades de facultativos especialistas de área, de médico de família, urgências e pediatra em Atenção Primária, de urgências hospitaleiras, de psicólogo clínico e de treinador de saúde.

Habitualmente as sacos do SES estão abertas permanentemente para que a qualquer momento uma pessoa possa inscrever-se pela primeira vez ou incluir novos méritos, mas os listas só/sozinho se atualizam uma vez ao ano, normalmente em Outubro. Exceto para os médicos, para aqueles que se tem fixado um segundo corte de atualização agora no mês de Maio. ¿Porque é que? A razão principal é a falta de profissionais. «A Secretaria-geral tem constatado que algumas destas bolsas de trabalho se têm esgotado ou estão integradas por um escasso número de candidatos/candidatas, a maioria dos quais encontram-se emprestando serviços, pelo que é previsível a rejeição das ofertas que se lhes realizem, podendo's chegar a a situação de não poder/conseguir realizar mais apelos e posteriores nomeações para a cobertura das praças/vagas que se encontrem provisoriamente desatendidas, com o consequente perjuízo/dano da qualidade assistencial», explica a resolução do Servicio Extremeño de Salud.

O mês escolhido para esta atualização excecional não é casual, mas coincide com o fim dos contratos dos residentes de último ano. Agora é precisamente quando os MIR (médicos internos residentes) de quarto ou quinto –segundo a especialidade– terminam a sua formação especializada e saem pela primeira vez ao mercado laboral. E eles são os principais protagonistas deste processo extraordinário com o que se procura reter-los na comunidade e aumentar o número de profissionais nas bolsas de trabalho de SES especialmente agora, face a a planificação das férias de verão quando realiza-se o maior número de substituições. Doutra maneira, os novos médicos especialistas teriam que esperar até Outubro para poder/conseguir fazer parte das sacos do trabalho mediante as que se realizam as contratações temporárias no sistema sanitário extremenho. Esta fórmula excecional pôs-se em marcha pela primeira vez no 2017 desde que funciona o novo sistema das bolsas de trabalho abertas e permanentes (2013).

Não obstante, para além da {incripción} pela primeira vez nas listas do SES, o processo extraordinária também permite que aqueles facultativos que já estão nas sacos possam incluir novos méritos. O prazo para fazê-lo está aberto até ao próximo 22 de Maio. É necessário completar primeiro o processo telemático habilitado/tesoureiro na site do SES e posteriormente imprimir o pedido que o sistema gera e registá-la quando seja requerido junto aos documentos que acreditem os méritos registados.