+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

Saúde {dilita} 4 meses regular/orientar a prescrição pelos enfermeiros

Assegura que está pendente do aprovação do serviço jurídico

 

EFE MÉRIDA
24/10/2019

A Conselheria de Saúde prevê publicitar num prazo de quatro meses o decreto que regulará a acreditação dos enfermeiros para a indicação, uso e autorização da {dispensación} de medicamentos e produtos sanitários de uso humano.

«{Calculo} que em quatro meses seremos capazes de ter tudo em marcha», afirmou ontem o titular de Saúde, José María Vergeles, depois de/após que o Sindicato de Enfermagem {Satse} criticasse que, um ano depois da publicação do real decreto de prescrição enfermeira, ainda não se tivesse regulado este processo na região.

Após esclarecer que este acreditação não é para prescrever fármacos, mas para «um uso de medicamentos por parte da enfermaria», o conselheiro de Saúde precisou que o rascunho/esboço/minuta do decreto já está redigido e está a ser analisado pelos serviços jurídicos.

Não obstante, indicou que «há outra parte que não depende da comunidade autónoma», qual é a aprovação das guias para a utilização dos medicamentos, pelo que anima a {Satse} e o resto de conselheiros de Saúde a reclamar na Comissão Nacional de Farmácia que se comece a trabalhamos/trabalhámos nelas.