+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

O PP pede a Vara reação para que a região não se fique sem jovens

 

EFE
23/11/2019

O presidente do PP extremenho, José Antonio Monago, exigiu ontem ao chefe do Executivo, Guillermo Fernández Vara, que «reaja» e tome medidas efetivas que evitem que dentro de quatro décadas «não fiquem jovens na Extremadura». Monago realizou estas declarações após a apresentação de um livro editado pelo Clube Sénior da Extremadura que adverte de que a região corre um grave risco de «{desertización} demográfica» de não corrigir-se a tendência atual de descida/desmpromoção de nascimentos e de emigração dos jovens.

A juízo do líder popular, esta obra mostra a «incapacidade» do Governo regional para tomar medidas efetivas que evitem que cada ano «milhares» de jovens extremenhos se vejam obrigados «a fazer a mala à procura de uma oportunidade de futuro».

Acusou a Fernández Vara de estar mais pendente dos jovens que lhe oferecem um foco mediático, como a ativista sueca {Greta} {Thunberg}, a quem a Junta tem oferecido um carro elétrico para viajar desde Lisboa a Madrid para assistir à Cimeira do Clima, o que tem qualificado como «ocorrência» e «oportunista». «Menos alterações climáticas e mais mudança demográfica», afirmou Monago, que recordou que o PP propôs várias medidas para paliar o êxodo juvenil e às que Fernández Vara faz «orelhas moucas».