+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

Felipe VI preside hoje em Yuste a entrega do XIII Prémio Carlos V

El galardão reconhece esta vez os Itinerários Culturais de Europa

 

El rei Felipe VI. -

EFE MÉRIDA
09/05/2019

El rei Felipe VI preside hoje, Dia de Europa, a cerimónia de entrega do XIII Prémio Europeu Carlos V, um galardão que levam-se esta vez os Itinerários Culturais do Conselho de Europa. El galardão, que outorga a Fundação Academia Ibero-americana e Europeia de Yuste, reconhece o papel dos citados Itinerários Culturais como instrumento para fomentar os valores europeus da diversidade cultural, o respeito pelas respetivas identidades, o diálogo intercultural e o intercâmbio e o conhecimento dos países e da história.

A gala terá como cenário, como é tradição, no Real Mosteiro de Yuste.

Pela primeira vez, a Fundação premeia uma iniciativa, já que até agora os galardões tinham sido concedidos a pessoas que, com seu esforço e dedicação, têm contribuído ao conhecimento geral e engrandecimento dos valores culturais, sociais, científicos/cientistas e históricos de Europa, bem como ao processo de construção europeia.

{Jacques} {Delors}, {Wilfried} {Martens}, Felipe González, José Manuel Durao Barroso, {Mijail} {Gorbachov}, Jorge Sampaio, {Helmut} {Kohl}, {Simone} {Veil}, Javier Solana, Sofía Corradi, {Marcelino} Orelha e Antonio Tajani foram as premiadas e premiados das edições anteriores.

El júri tem valorizado neste ano o trabalho que os itinerários desenvolvem em favor da cooperação na investigação e desenvolvimento; a posta em valor da memória, a História e o património europeu, os intercâmbios culturais e educativos para os jovens europeus, a prática cultural e artística contemporânea e o turismo cultural.