+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

Dez comunidades se acolhem às ajudas de eficiência

 

07/04/2019

Dez comunidades de regantes extremenhas se têm acolhido às ajudas do decreto 133/2017 de eficiência energética. Os projetos que têm acometido têm suposto um investimento próximo aos sete milhões de euros, dos que se subsidiaram cinco. As comunidades que receberam apoio económico foram: Quinta a Encomenda, {Acevedos} de {Hinojales}, Talavera la Real, {Urdimalas} do Tiétar, Canal do {Zújar}, Mérida, {Valdecañas}, Montijo, Guadiana e Margem Direita do Riu Salor.

Os subsídios estão dirigidas a diminuir o custo energético para estas entidades, mas também a fazê-las mais competitivas, e a que o regadio seja mais sustentável energética e {ambientalmente}. Entre outros aspetos, se apoiam as instalações de geração de energias renováveis em substituição de energia de fontes convencionais e outros elementos que melhorem a eficiência energética. Neste sentido, sete dos projetos incluíam a posta em marcha de instalações fotovoltaicas. Também se subsidiou a implantação de tecnologias da informação e comunicações ({TIC}) que melhoram a gestão do rega, as infraestruturas para reduzir e evitar as perdas de água nas redes de transporte e distribuição de água, as instalações de {bombeo} ou as equipas de filtrado.