+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

Cheles iça a bandeira azul

Pela primeira vez em sua história, a praia de Badajoz obtém este selo de qualidade que ostentará no ano 2019, tal como a de Orellana la Vieja, que em seu caso o luzirá por décimo ano consecutivo

 

O Montado de Cheles 8 Banhistas na praia que neste ano luzirá bandeira azul, numa imagem de arquivo. - EL PERIÓDICO

REDACCIÓN region@extremadura.elperiodico.com MÉRIDA
08/05/2019

A praia O Montado de Cheles (Badajoz) obtém o distintivo de bandeira azul pela primeira vez em sua história, um selo de qualidade que ostentará no 2019, tal como Orellana la Vieja, as duas únicas da Extremadura. Orellana la Vieja revalida uma vez mais a distinção, que luzirá por décimo ano consecutivo, e mantém o selo azul para o trilho e o porto desportivo, que conseguiu no passado ano, e o centro de interpretação ambiental.

Em conferência de imprensa, a Associação de Educação Ambiental e do Consumidor ({Adeac}), promotora da iniciativa, difundiu ontem a lista de bandeiras azuis para 2019, que somam um total de 669 (566 praias, 98 portos e 5 embarcações sustentáveis). As sete praias que estreiam bandeira azul estão em Melilla (as praias de Cágados e São Lorenzo); em A {Gomera} (praia de A Gruta); {Castellón} (em {Nules}, Marines); Baleares (em {Santanyí}, praia S’{Amarador}) e em Alicante (praia de L’{Espigó}, em {Altea}), para além de Cheles, a única nova de interior.

O presidente da Câmara Municipal de Cheles, Antonio Sierra, acolheu com «surpresa» a concessão de um galardão ao que optava pela primeira vez, embora era um objetivo pelo que se vinha trabalhando desde há muito tempo «para ter tudo o necessário». Em declarações a Efe, apontou que quando foi visitada pelos técnicos, se lhes indicou que tinha que fazer pequenas modificações. Sierra destaca como elemento diferenciador da praia o que está num ambiente «totalmente natural, rodeada de azinheiras e no meio do montado» e recorda que «desde sempre» este município, duns 1.200 habitantes, tem vivido «muito vinculada ao água», primeiro ao rio Guadiana e, desde sua construção, ao albufeira do {Alqueva}.

Nesta linha, Sierra explica que ao ser das primeiras que {entro} em funcionamento após a inauguração do albufeira de {Alqueva}, tem tido uma importante afluência de visitantes, sobretudo da cidade de Badajoz, da que dista uns 50 quilómetros.

Segundo explica a câmara municipal na sua web, a praia, de ambiente familiar, consta de 83 quilómetros de cumprimento, está a uns cinco quilómetros da localidade, conta com relva, areia, zona de banho, zona de estacionamentos para veículos, parque infantil, guarda-sóis, parques de merendas típicos e um quiosque.O presidente da Câmara Municipal indicou que se está terminando um complexo turístico e um albergue, com capacidade para 27 pessoas, para além de que, a uns dois quilómetros da zona de praia, se situa o cais.

A Câmara Municipal de {Orellana} destacou ontem que são de novo um «referente» no turismo interior de água em Espanha. Num comunicado, sublinha que tem aberto o caminho ao resto de praias de interior com bandeira azul, que no conjunto/clube nacional são menos de 10, para além de ter o único porto desportivo de interior e um dos dois trilhos de Espanha com esta distinção. Em verão recebe entre 3.000 e 3.500 banhistas ao dia.