+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

Autorizados investimentos para o campo extremenho por 17 milhões

Entre elas, ajudas para a melhoria da eficiência energética nas zonas {regables}. Também obras de adequação de infraestruturas para previr incêndios

 

Planta fotovoltaica construída por uma comunidade de regantes da região. - EL PERIÓDICO

REDACCIÓN epextremadura@elperiodico.com CÁCERES
08/05/2019

O Conselho de Governo autorizou ontem várias medidas destinadas à melhoria das infraestruturas florestales, agrárias e pecuárias da região com uma investimento global superior aos 17 milhões de euros. Entre elas destaca a convocatória das ajudas para a melhoria da eficiência energética nas zonas {regables} da Extremadura, para o exercício 2019, por um montante de 10 milhões de euros.

A finalidade é a consolidação e modernização de regadios mediante atuações na rede que permitam garantir as dotações de água necessárias, bem como para {presurizarla} com o objetivo de fazer possível a mudança do sistema de rega em parcela sobre/em relação a uma superfície delimitada. A estimação é que se possa atuar em 20 comunidades de regantes estabelecidas em zonas {regables} de iniciativa pública, o que suporá uma superfície total consolidada e/ou modernizada de 3.000 hectares, segundo indica a resenha do Conselho de Governo.

Dentro também da Conselheria de Ambiente e Rural, Políticas Agrárias e Território, o Executivo deu luz verde à contratação das obras de adequação de infraestruturas para a prevenção de incêndios florestais em vários montes de utilidade pública das regiões de Serra de Gata e Las Hurdes com um orçamento de 2.796.233 euros.

Também, se deu o {ok} à convocatória das ajudas às investimentos para a comercialização em comum de ganho, para o exercício 2019, por um montante de 2.450.000 euros. Poderão ser beneficiárias as empresas dedicadas à comercialização em comum de gado bovino, ovino e caprino, e serão subsidiáveis as despesas em infraestruturas para a criação de um novo estabelecimento ou alargamentos de estabelecimentos já existentes. Outra das medidas aprovadas foi a contratação do fornecimento para a aquisição de maquinaria de obras públicas para a conservação e a manutenção de caminhos rurais por 826.2480 euros.

Por último, o Governo aprovou a convocatória das ajudas para a realização de projetos inovadores no sector florestal por parte dos Grupos Operacionais da Associação Europeia para a Inovação ({AEI}), em matéria de produtividade e sustentabilidade agrícola, por um montante de 1.200.000 euros.

CONSELHERIA DE SAÚDE / Por outro lado, na Conselheria de Saúde e Políticas Sociais, o Executivo outorgou a convocatória de subsídios para a realização de programas de intervenção em condutas {adictivas} desenvolvidos por {oenegés}, associações e entidades sem fins lucrativos, com um montante de 655.158 euros.

Além disso, deu luz verde à firma/assinatura/assina de um convénio para formalizar uma transferência específica de 242.911 euros ao Consórcio Extremenho de Informação ao Consumidor para desenvolver atuações em matéria de segurança dos brinquedos.

Em Economia e Infraestruturas, acordou uma transferência de 712.319 euros à Fundação Computação e Tecnologias Avançadas da Extremadura ({COMPUTAEX}) para a aquisição de equipamento científico/cientista e tecnológico.