+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

A XV Feria de Ganho Seleto contará com 122 animais de 30 ganadarias

Além disso, terá toureio de sala, exposições e conversa taurina

 

Alguns dos animais, na feira, numa edição anterior. - CEDIDA

ALEX DE MATÁIS / AGENCIAS ALBALÁ
23/10/2019

A localidade cacerenha de Albalá celebra, desde amanhã e até ao domingo, uma nova edição de seu Feria de Ganho Seleto, que cumpre quinze anos e que se apresenta como a única cita/marcação/encontro exclusiva de bovino na região. Para isso contará com 122 animais procedentes de 30 ganadarias seletas das raças {Charolés}, {Blonde} {Aquitania}, Limusina e {Fleckvieh}.

Na programação se inclui também o VII {Concuro} {Morfológico}, ao que concorrerão as melhores espécies do certame e uma mostra comercial na qual participarão uma dezena de empresas.

O presidente da Câmara Municipal de Albalá, Juan Rodríguez, apresentou ontem a feira acompanhado de vários dos pecuários que se darão cita/marcação/encontro no recinto da feira da localidade, na qual o 80% da população se dedica à ganadaria. Rodríguez explicou que se estão melhorando as instalações do recinto da feira para a próxima edição e incidiu em que o objetivo da Câmara Municipal «é profissionalizar esta cita/marcação/encontro e que seja um referente nacional do ganho seleto bovino».

Tanto/golo no sábado, como no domingo, terá diferentes atividades como toureio de sala, exposições, touro inchável, conferência do matador Manuel Bejarano e degustação de produtos ibéricos. Se espera receber/acolher a umas 2.000 pessoas e a feira conta com um orçamento duns 10.000 euros, dos que 2.000 os dá a Diputación de Cáceres.