+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

UGT assessora e forma em matéria sociolaboral aos imigrantes

Prioriza a mulheres com família a seu cargo e a pessoas com trabalhos precários

 

Foto de arquivo do interior das escritórios do sindicato UGT, onde se emprestará o serviço. - UGT

NIEVES AGUT prov-caceres@extremadura.elperiódico.com NAVALMORAL DE LA MATA
28/03/2019

El sindicato UGT de Navalmoral de la Mata tem posto em marcha o Centro de Informação e Aconselhamiento Sociolaboral para Imigrantes, que tem como principais objetivos proporcionar conhecimentos e meios para a inserção laboral de pessoas imigrantes, que estejam em posse da autorização de residência ou residência e trabalho e que apresentem um alto grau/curso universitário de vulnerabilidade social. Se dará prioridade a mulheres com cargas familiares e escassa qualificação e a pessoas que desempenhem suas tarefas laborais em condições de precariedade ou estejam desempregadas.

Para isso, segundo explicou a treinador do centro, {Felicitas} {Cobos}, se levarão a cabo diferentes ações como são itinerários individualizados de inserção laboral, para além de orientação e aconselhamiento normativo sobre/em relação a legislação laboral, social de estraneidade e preformação. Concretamente, se lhes informará e formará sobre/em relação a direitos e deveres laborais, regulamento legal de estraneidade, alfabetização digital, técnicas de busca de emprego, habilidades sociais e como preparar-se para adquirir a nacionalidade, ao que se somarão cursos de formação. Este serviço, segundo enfatizou a treinador responsável, «é muito demandado», pelo que neste ano se tem apostado em intensificar o número de ações que se desenvolverão de segunda-feira a sexta-feira.

Este projeto está subsidiado pela Direção Geral de Integração e Atenção Humanitária e co-financiado pelo Fundo Social Europeu.