+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

O Sindicato Médico denúncia carências em traumatologia

{Simex} urge mais facultativos enquanto o SES fala de «situação conjuntural»

 

Acesso principal ao Hospital Ciudad de Coria. - N. {AGUT}

NIEVES AGUT prov-caceres@extremadura.elperiódico.com CORIA
11/10/2019

O Sindicato Médico da Extremadura ({Simex}), numa nota ontem, alertou da situação do Área de Saúde de Coria «ao não ter facultativos suficientes». No escrito/documento se acrescenta que em Coria se repete a situação já vivida no serviço de Traumatologia onde «temos de recorrer a especialistas doutras áreas para que de forma voluntária cubram o que não pode ser assumido pelos dois traumatologistas que há atualmente em serviço, de cinco que há».

Por seu lado, a gerência do Servicio Extremeño de Salud (SES) respondeu que a escassez de facultativos em hospitais pequenos «é um problema nacional» e sobre/em relação a o serviço de traumatologia «é uma situação conjuntural por três baixas laborais por motivos de saúde». Finalmente, esclareceu que no hospital de Coria «há bons níveis de assistência sanitária de maneira geral».