+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

A policia municipal atua por danos no mobiliário em duas zonas públicas

Em duas semanas têm quebrado baloiços e a ecrã interativo recém estreada

 

Um cartaz informa da localização das dependências da Policia Municipal de Navalmoral. - N. A.

NIEVES AGUT prov-caceres@extremadura.elperiódico.com NAVALMORAL DE LA MATA
22/08/2019

A Policia municipal de Navalmoral de la Mata tem atuado em duas zonas públicas na qual têm destroçado parte do mobiliário urbano. Assim o deu a conhecer a Câmara Municipal, numa nota, na qual recolhe/expressa as intervenções feitas pelos agentes nas dois últimas semanas e na qual detalha que o 10 de Agosto uma patrulha inspecionou e selou os baloiços do parque infantil da praça/vaga da Chaminé, devido ao mau uso que se tinha facto/feito dos mesmos e pelas deficiências estruturais que apresentavam.

Igualmente, o dia 11, acrescenta, os agentes do revezo de noite detetaram os danos ocasionados no quadro interativo com fins comerciais e turísticos que há na rua Urbano González Serrano. Uns danos sobre/em relação a os quais se estão realizando as gestões necessárias para apurar quem ou quem os causaram.

Por outro lado, a câmara municipal informou de que entre outras intervenções destacadas da policia municipal nas últimas duas semanas se recolhe/expressa a assistência em seis acidentes de viação, todos com danos materiais, além disso se atenderam várias chamadas sobre/em relação a incómodos ocasionados na via pública em horário noturno e se foi a um atropelamento na praça/vaga de Sánchez Arjona.

A isto soma-se, o dia 3, a busca duma pessoa de 76 anos que se tinha desorientado e que foi localizada minutos mais tarde. A mulher foi transferida ao hospital para sua observação. Também o dia 4 se fez um serviço na rua Fuente a Telha devido a um incêndio provocado num contentor soterrado e o dia 6 se foi a outro atropelamento na rua Pablo Luengo.

vacas e ovelhas / A parte recolhe/expressa também outra atuação na qual se atendeu a uma pessoa ébria e uma intervenção no Caminho dos {Panaderos} pela presença de vacas soltas perto de a via do comboio, tendo que ser transferidas a casa de seu proprietário. Uma situação similar se viveu o dia 11 quando a patrulha do revezo de tarde foi requerida já que tinha várias ovelhas soltas à altura do polígono Campo Arañuelo e poderiam ocasionar algum dano já que estavam nas imediações da estrada. Foram conduzidas a um cercado próximo. Esse mesmo dia os agentes foram a um garagem comunitário da rua Palmeiras devido a que tinha uma cobra entre os veículos. Foi capturada e a deixaram em liberdade em seu habitat natural.

Finalmente, na nota de imprensa se insiste na preocupação que têm os agentes pelo contínuo abandono de animais, já que, segundo informou a polícia, «se segue/continua intervindo praticamente diariamente para recolher cães abandonados, e gatos recém-nascidos que são depositados em contentores». Por isso, solicitam a todos os cidadãos que se conhecem algum caso de delito de maltrato animal têm a obrigação legal e também moral de denunciá-lo.