+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

O II Festival de Teatro programa quatro obras de 11 a 14 de Julho

O certame o abre o processo ‘O último que apague a luz’, com {Emma} {Ozores}

 

{Emma} {Ozores} e Juan Anillo, numa imagem de promoção da obra ‘O último que apague a luz’. - {TEATROTEATRO}.COM

NIEVES AGUT prov-caceres@extremadura.elperiodico.com CORIA
01/07/2019

A Câmara Municipal de Coria, através da pelouro de Cultura, volta a apostar em o teatro e para isso já organizado uma nova edição, a segunda, do Festival de Teatro que se celebrará de 11 a 14 de Julho. A programação começará o dia 11 com a posta em cena da obra O último que apague a luz, uma {descomedia} escrita por Antonio Ozores e protagonizada por {Emma} Ozores e Juan Anillo. O dia 12 lhe tocará o revezo à companhia Eslava que representará dois obras, a primeira será A {Zapatera} Prodigiosa e o dia 13 A Vingança de Dom {Mendo}. O festival porá seu broche final o dia 14 com a obra {Hipólito}, de Maltravieso Border Scene S.L, que foi representada na passada edição do Festival Internacional de Teatro Clássico de Mérida.

Relativamente às entradas para o festival {cauriense}, estas se porão à venda o 1 de Julho na Escritório Municipal de Turismo e o preço será de 5 euros. Também se venderá um adubo/prestação/pagamento de 15 euros para as quatro funções. Além disso, segundo informou a Câmara Municipal, como novidade neste ano todas as obras serão representadas na praça/vaga de Espanha às 23.00 horas.

Este festival conta com a colaboração da Assembleia provincial Provincial de Cáceres, a Rede de Teatro da Extremadura e o {Cemart}, Centro das Artes Cénicas e da Música da Junta de Extremadura.