+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

Dão conselhos aos maiores/ancianidade sobre/em relação a como evitar as fraudes e abusos

Recomendam ler a letra pequena, não dar dados pessoais e pedir orçamentos

 

SOLEDAD GÓMEZ prov-caceres@extremadura.elperiodico.com TRUJILLO
11/01/2019

O Consórcio Extremenho de Informação ao Consumidor através do grupo de Consumo Trujillo e Villuercas-Ibores-Jara tem dado uma conversa no centro de maiores/ancianidade para informar-lhes sobre/em relação a as fraudes mais frequentes com os que podem encontrar-se. Ditos conselhos encontram-se na guia de consumo e pretendem facilitar informação básica e simples sobre/em relação a diferentes áreas em matéria de consumo.

Segundo o consórcio afetam maioritariamente ao sector da terceira idade que vive em zonas rurais, daí que procure facilitar certas pautas de atuação e estratégias para que conheçam de antemão os possíveis abusos e aprendam a defender-se e a exercitar seus direitos e obrigações como consumidores. Alguns conselhos que se lhes deu se referem à firma/assinatura/assina de contratos ou a quando compram um produto e os consumidores estamos protegidas perante um possível defeito do artigo, sempre que este seja de fabrico e não devido ao mau uso do mesmo.

Por outro lado, se resolveram dúvidas sobre/em relação a eletricidade e passe social, revisões de gás, seguros, produtos bancários, reuniões em excursões e hotéis, produtos milagrosos ou reparações a domicílio. Finalmente, lhes têm recomendado guardar o bilhete de compra, faturas e {albaranes} para possíveis reclamações, ler a letra pequena, solicitar orçamentos antes de uma reforma, e não facilitar dados pessoais, números de contas nem cartão de crédito ao telefone.