+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

Conhecer para presumir

A Diputación de Cáceres organiza hoje uma bioconvivência em Carbajo dirigida a mais de 500 escolares da zona para que conheçam e possam potenciar assim os recursos que têm em seu ambiente

 

Conhecer para presumir -

ALEX DE MATÍAS
08/05/2019

Saber e conhecer os recursos que tem uma zona concreta/concretiza pode supor que se presuma do que há e assim poder/conseguir animar a muitos outros a que se aproximem e descubram sítios e cantos que não vão a poder/conseguir ver em nenhum outro lado. Essa é a iniciativa que terá hoje a Diputación de Cáceres, em colaboração com a Junta de Extremadura e os municípios da zona da Reserva da Biosfera Tejo/{Tejo} Internacional, com mais de 500 escolares de centros da região.

É que a localidade de Carbajo acolhe hoje um encontro denominado I Bioconvivência Reserva da Biosfera Transfronteiriça Tejo/{Tejo} Internacional no qual se realizarão numerosas atividades para que os mais jovens conheçam as potencialidades e recursos de seu território.

Assim, com esta bioconvivência, os escolares poderão realizar um intercâmbio de experiências, incentivando a cooperação entre os diferentes centros educativos.

Desta maneira, se tem preparado um largo programa de atividades entre as que destacam a realização duma rota pela conhecida Senda da roldana, de Carbajo, diferentes encontros com profissionais e empresários locais de diferentes sectores que lhes falassem sobre/em relação a a taxidermia, mel e pólen, a transformação da azeitona em óleo/azeite e a elaboração de queijos. Além disso, também usufruirão de oficinas sobre/em relação a a flora e a fauna da reserva, sobre/em relação a o folclore tradicional da região ou pintura de mural, sem esquecer uma {biogynkana} para todos.

Desde a Diputación de Cáceres assinalaram que este é um projeto de intervenção educativa «que está permitindo que o os alunos e o professorado da zona conheçam os recursos de seu território, suas potencialidades, bem como seu património geológico, natural, histórico, social e cultural», sublinharam.

A Reserva da Biosfera Tejo/{Tejo} Internacional, declarada pela Unesco o 18 de Março de 2016, é um lugar único e um recurso mais para a província de Cáceres e que soma-se assim aos mais conhecidos como Monfragüe, Os {Barruecos}, Las Hurdes ou as gargantas naturais do Jerte, La Vera ou o Ambroz, por nomear só/sozinho uns poucos.

Esta reserva é partilhada com Portugal, inclui 14 municípios da província de Cáceres e 12 {freguesías} da Região Centro de Portugal e conta com uma superfície total de 428.176 hectares. Tem numerosos espaços protegidos, com um excelente grau/curso universitário de conservação da fauna, a flora e o paisagem, que unido ao património o fazem um lugar perfeito para experimentar estratégias de desenvolvimento sustentável.