+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

A Câmara Municipal impulsiona o I Calle de la Marcha Fest para o dia 23

Inclui concertos de A Guarda, Dança Invisível, A Fronteira e The {Coverband}

 

O cantor Manuel España, do grupo A Guarda. - FACEBOOK MANUEL ESPAÑA

NIEVES AGUT prov-caceres@extremadura.elperiódico.com NAVALMORAL DE LA MATA
07/11/2019

El {Ayuntamiento} de Navalmoral de la Mata, através da pelouro de Cultura, tem organizado pela primeira vez o denominado Calle de la Marcha Fest. Precisamente, o vereador da área e porta-voz municipal, Pedro Fernández, anunciou este inovador festival de música que se celebrará o 23 de Novembro durante toda a tarde e noite no prédio multiusos.

El público, segundo explicou Fernández, poderá usufruir de vários concertos que começarão às seis da tarde, pelo que uma hora antes se abrirão as portas do multiusos. Os assistentes assistirão ao concerto de um Dj que picará música dos anos 80 e depois subirão ao cenário grupos como A Guarda, com Manuel España; Dança Invisível com o cantor Javier Ojeda e A Fronteira com Javier Andreu, para além de The {Rockest} {Coverband}.

El preço de entrada será de 7 euros em venda antecipada e de 10 em bilheteira. Entre outros sítios, poderão comprar-se na casa da cultura. El festival terá uma duração de entre seis e sete horas pelo que terminará sobre/em relação a a uma da madrugada. Também se instalará uma barra/balcão e postos de comida/almoço através de um {food} {truck}.

El vereador de Cultura disse que este evento tem um custo de 15.000 euros mais o IVA. «Queremos trazer o maior número de eventos interessantes para nossa cidade, tanto/golo desde o ponto de vista cultural como turístico e económico, para além de que {cumplimos} assim nosso acordo/compromisso de celebrar concertos de calado».