+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

A Câmara Municipal custeará a rotunda de um acesso a Coria

O presidente da Câmara Municipal critica à assembleia provincial por retirar a rotunda do projeto inicial

 

Um dos acessos a Coria pela estrada Ex-109. - N. A.

NIEVES AGUT prov-caceres@extremadura.elperiódico.com CORIA
23/10/2019

A Câmara Municipal de Coria financiará os custos da rotunda que estava prevista construir-se dentro do projeto da melhoria dos acessos a Coria pelas antigas estradas {Guijo} e Montehermoso. Um projeto para o qual a assembleia provincial de Cáceres destinará 1 milhão de euros para sua execução, mas que com o tempo tem sofrido uma modificação importante é que se tem eliminado do projeto a rotunda prevista inicialmente e demandada pelo câmara municipal. Precisamente, este assunto tratou-se ontem durante a reunião que o presidente da Câmara Municipal, José Manuel García Ballestero, manteve com o presidente acidental da assembleia provincial, Carlos Carlos.

Durante o encontro, o presidente da Câmara Municipal insistiu na importância de incluir a rotunda dado que, na sua opinião, «daria mais segurança». Ainda mais tendo {encuenta}, disse, que esta é uma das entradas à localidade mais transitadas pelos veículos, dado que permite o acesso à estação de autocarros, ao centro de dia e à zona centralizadora de Coria.

No entanto, segundo o presidente da Câmara Municipal, «a assembleia provincial não vê necessária a rotunda». Por este motivo, anunciou que esta infraestrutura será custeada com fundos da Câmara Municipal e acrescentou que «felizmente a Câmara Municipal está bem economicamente», e, portanto, «a rotunda se fará apesar da negativa de assembleia provincial».