+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

O PSOE exige a demissão da candidata do PP à presidência da câmara municipal

 

REDACCIÓN BADAJOZ
09/05/2019

O PSOE da província de Badajoz exigiu ontem a demissão «imediata» da número 1 do PP em Navalvillar de Pela, Juana Margarita Fernández, que, segundo assegurou, está acusada de prevaricação administrativa. Num comunicado, os socialistas assinalaram que Fernández será julgada o 1 e 2 de Julho na Audiência Provincial por um delito continuado de prevaricação administrativa pela suposta colaboração em «a trama» que montou o expresidente da Câmara Municipal popular de Navalvillar de Pela, Manuel Sánchez Custodio.

O PSOE lamentou que o PP da Extremadura a mantenha como número um pois a Procuradoria pede uma pena de inabilitação especial para emprego ou cargo público e para o exercício do direito ao sufrágio passivo de 14 anos. Além disso pediu ao PP da Extremadura que dê «exemplo democrático, de dignidade, de coerência e de respeito à cidadania e às instituições».