+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

A nova estação depuradora começa a funcionar com a gestão de Promedio

A instalação evita o vertido de água residual a García de Sola

 

Instalaciones de la Edar de Fuenlabrada de los Montes. - ASSEMBLEIA PROVINCIAL DE BADAJOZ

EFE BADAJOZ
26/10/2019

A nova estação depuradora de águas residuais (Edar) de Fuenlabrada de los Montes tem finalizado seu período de posta em marcha e tem começado a funcionar a plenário/pleno rendimento da mão do Consórcio de Gestão de Serviços Ambientais da Diputación de Badajoz, Promedio. A Câmara Municipal tem formalizado sua adesão ao consórcio provincial no passado 18 de Outubro e graças ao funcionamento desta instalação se evita o vertido de mais de 280.000 metros cúbicos anuais de águas residuais e pluviométricas sem tratar ao arroio Os {Molinillos}, que desemboca posteriormente no albufeira de García de Sola.

A estação nasce com capacidade para tratar a água de 3.137 habitantes e conta com uma linha de tratamento na qual se inclui, em primeiro lugar, um tanque de trovoadas, destinado ao controlo de avenidas de águas pluviométricas por episódios de chuva intensa. A linha de água continua com um sistema de pretratamento que elimina os pequenos resíduos urbanos contidos na água, tais como restos de comida/almoço, papéis, plásticos e outros produtos de asseio pessoal. Também se retiram nesta fase as areias e as gorduras contidas na água. Posteriormente a água se submete a um processo biológico, protagonizado por microorganismos que eliminam a matéria orgânica para finalizar numa piscina de decantação, onde a água depurada transborda caminho do ponto de vertido a domínio público hidráulico.