+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

A Junta pretende aumentar em 80.000 as dormidas no sul da região

Turismo apresenta quatro rotas para chegar a os 200.000 visitantes

 

Jornada de Turismo, no {CID} {Tentudía}, de Monesterio. - R. MOLINA

RAFAEL MOLINA MONESTERIO
08/05/2019

Según dados do diretor-geral de Turismo, Francisco Martin, numa jornada celebrada em Monesterio, a zona sul da região recebeu 159.000 viajantes em 2018, com 312.000 dormidas. O objetivo da direção geral, com a posta em marcha de diferentes iniciativas e a criação de quatro novas rotas turísticas, é «alcançar os 200.000 viajantes e as 400.000 dormidas», mas sobretudo, «prolongar a estadia, para que passe das 2 noites atuais a 4 noites por viajante».

Com presença de presidentes da câmara municipal, técnicos, empresas e grupos de ação local das regiões de {Tentudía}, Campina Sul, Zafra-Rio {Bodión} e Xerez-Serra Sudoeste, o {CID} {Tentudía} acolheu uma jornada informativa sobre/em relação a as linhas estratégicas para a criação de Destinos Turísticos Inteligentes no Sul da Extremadura.

Martín avançou que parte dos «500.000 euros de investimento» incluídos no orçamento regional para turismo, será para criar quatro novas rotas: Gastronómica, de Natureza, Cultural- Patrimonial e Tesouros Ocultos. As ações se dirigem a 55 municípios e 128.000 habitantes e se reforçarão com uma «unidade de qualidade turística» para posicionar ao sul extremenho como referente, tanto/golo para o turismo interior, como para os potenciais viajantes que se deslocam desde Andaluzia. Outra das medidas anunciada, é a posta em marcha duma Escritório Técnico, que terá como sede a cidade de Zafra.