+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

A volta ao futebol, mais perto para o Extremadura

Jogadores e corpo treinador passaram o teste do {covid}-19 na cidade desportiva

 

RODRIGO MORÁN
07/05/2020

Desde/a partir de primeira hora da manhã, a cidade desportiva de Almendralejo estava fechada a {cal} e canto para a receção de jogadores, corpo treinador e empregados do Extremadura, aqueles que deviam passar obrigatoriamente as precetivas provas médicas antes do regresso aos treinos. Dois guardas de segurança custodiavam a porta de acesso ao recinto que só/sozinho era aberta para os que tinham seu cita/marcação/encontro reservada.

Baixo/sob/debaixo de a supervisão dos serviços médicos do clube e o inspetor de {LaLiga}, todos os integrantes do Extremadura foram passando o dobro teste do {covid}-19. Por um lado, o teste {PCR} consistente no {frotis} {nasofaríngeo} que indica se é positivo ou não a pessoa. E também o teste Elisa Covid-19, que indica a imunidade. Em princípio, os resultados deveriam conhecer-se na sexta-feira, embora em caso de ter algum positivo, não se informará por parte do clube ou a competição da identidade do contagiado pela lei de proteção de dados.

Ainda não há uma data programada oficial para a volta aos treinos. A ideia de Manuel Mosquera era voltar ao estreitamente na cidade desportiva em finais de semana, mas é possível que {LaLiga} indique fazê-lo na segunda-feira 11 de Maio para todos os clubes de Primeira e Segunda.

Os primeiros treinadores do Extremadura se desenvolverão baixo/sob/debaixo de umas estritas medidas de higiene e segurança que têm de cumprir jogadores e técnicos. Nesta fase 1 da {desescalada}, as primeiras sessões serão individuais. Não poderá ter mais de seis jogadores sobre/em relação a um terreno de jogo. O campo se divide em seis partes e em cada uma delas trabalhará, de maneira individual, cada jogador. A cidade desportiva só/sozinho tem dois campos de treino, pelo que Manuel Mosquera, treinador da equipa, terá que desenvolver dois sessões de 12 jogadores, com seis em cada campo.