+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

El Villanovense completa uma plantel/quadro «equilibrada» com {Braim} e José Ramón

Solamente fica disponível uma praça/vaga {sub}-23, que poderia não ser utilizada

 

José Ramón, {Bordallo} e {Braim}, ontem. - CARLOS PINO

CARLOS PINO VILLANUEVA DE LA SERENA
11/01/2019

Salvo que se produza algum imprevisto, o Villanovense parece que deu por fechada o pessoal para o que diminui da época depois das últimas incorporações. Ontem se apresentaram {Braim} e José Ramón. Aos {serones} lhes fica por cobrir uma ficha {sub}-23, que somente se usaria para contratar um avançado/ponta de lança.

Por enquanto a chegada desse atacante não parece provável, embora no chamado mercado de inverno costuma ter sempre alguma surpresa de última hora. «Com os 21 que estamos está plantel/quadro bastante equilibrada, não há perspectiva de fazer algo imediato e há uma ficha {sub} 23, que é o que nos fica livre e se viesse algo para essa ficha seria um avançado/ponta de lança, mas não nos urge», assegurava o diretor-geral do clube, Francis Bordallo, durante a apresentação dos dois últimas contratações.

Tanto/golo {Braim} como José Ramón asseguraram que chegam a Villanueva de la Serena para ganhar-se o posto e ajudar em tudo o possível a seus novos companheiros, tudo com o objetivo final de conseguir salvar-se.

«Espero dar dinamismo em cima, fazer ocasiões, dar golos e também fazê-los», assegurava na conferência de imprensa de apresentação {Braim}. Com tão só 23 anos vem cedido pelo Melilla e espera {agradar} ao corpo treinador e à hobby/adeptos. «Espero demonstrar o que sou realmente e espero que quando termine a época as pessoas esteja a gosto e se acorde bem de mim».

{Braim} mostra-se convencido de que à medida de que vão passando as jornadas a equipa irá escalando posições na classificação. «Todos os ano foi uma equipa que deu de que falar, neste ano tem tido uma má rajada, um mau início, mas o que conta são as segundas voltas», comentou.

Por seu lado, José Ramón Fernández (27 anos), viverá sua terceira etapa em terras extremenhas depois de/após passar pelo Cacereño e o Mérida. «Espero ajudar ao plantel/elenco, penso que há plantel/elenco para estar mais em cima e para escalar posições», afirmou o futebolista castelhano.

Antes de pôr-se nenhuma objetivo/meta pessoal acredita que o importante é o trabalho diário/jornal {paa} ajudar em tudo o possível. «O primeiro é trabalhamos/trabalhámos em meu dia-a-dia para que o treinador me dê os minutos e possa jogar e depois fazer golos».

Apesar de que não tem tido muitos minutos nas últimas jornadas afirma que vem com muita motivação por tirar ao Villanovense da zona de abaixo de a {clasficación} geral. «Tenho vontade de jogar já e de comer-me o relva», acrescentou.