+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

O Villanovense apela à unidade no pior momento da época

As alarmes não saltam apesar da má rajada e a ter perdido a liderança

 

Os jogadores do Villanovense se abraçam. - C. PINHEIRO

CARLOS PINO VILLANUEVA DE LA SERENA
25/10/2019

O Villanovense passa por seu pior momento da época, o mês de Outubro está a ser para esquecer depois de/após quatro partidos consecutivos sem ganhar, somente dois pontos de doze possíveis e a perda do liderança após cair em Calamonte no domingo passado. Mas é somente uma rajada, defendem os verdes.

E apesar de ela não saltam as alarmes em Villanueva de la Serena. Mais que nunca plantel/elenco, diretiva e corpo treinador mostram-se como um bloco sólido, sem fissuras, conscientes de que o importante, quando se decidem campeonatos e postos de play off, chega em Abril e Maio.

Se se analisa a época em conjunto/clube, vendo o calendário, as saídas e os rivais, que o Villanovense chegasse com estes pontos à jornada dez pode estar dentro da normalidade. As sensações são diferentes devido a que o começo foi meteórico, muito sólido, com uma solvência que dificilmente se podia manter de maneira perpétua. Com perspectiva, em Villanueva de la Serena sabem que por enquanto somente estão a três pontos do líder, que lhe tiram dois ao Cacereño e que estão empatados com Moralo, a priori, os dois rivais mais complicados a bater nesta campanha.

No clube fazem nesta semana um apelo à hobby/adeptos, para que siga/continue respondendo como até agora no Municipal Villanovense, em todos os partidos se rondaram ou se superaram os 1.000 espectadores. «Luta, vence, acontecerá», é a mensagem do cartaz do jogo/partido que se tem movido por redes sociais, fazendo um apelo à hobby/adeptos e a sim mesmos para manter a fé.

NÃO PARAR / Mas o apelo à hobby/adeptos não somente a faz o clube, também se somam alguns futebolistas. «Ver à hobby/adeptos com vontade de estar juntos e confiando a morte em nós só/sozinho dão vontade de não parar e trabalhamos/trabalhámos mais que nunca para devolver-lhes o que merecem. Juntos a morte Villanovense», escrevia José Ángel.

O Villanovense espera começar a recuperar as boas sensações em casa no domingo. O Racing Valverdeño chegará a Villanueva de la Serena em postos de descida/desmpromoção, mas agora mesmo os {serones} não se fiam de ninguém e sabem que se querem seguir/continuar {enganchando} a Villanueva de la Serena fazem falta resultados e futebol.

Por enquanto os {serones} se {conjuran} para não deixar escapar nem um ponto mais em seu feudo como a melhor maneira de manter as boas sensações, para além de Racing Valverdeño, durante a primeira volta visitarão Villanueva de la Serena duas equipas da parte baixa Montijo e {Llerenense} e dois que agora estão com os de em cima, Xerez e Arroyo.

Para o choque não há sancionados, mas são dúvidas por estar tocados Mura, {Óscar} Martín e Adrián Escudero.