+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

Sarmento diz adeus a sua bem-sucedida corrida/curso em Dubai

O {alburquerqueño} põe fim a uma trajetória com prata olímpica

 

Sarmento, prata em Atenas 2004. - COMITÉ OLÍMPICO ESPANHOL

REDACCIÓN / EFE deportes@extremadura.elperiodico.com CÁCERES / MADRID
07/11/2019

A seleção espanhola de atletismo paraolímpico vai ao Mundial de Dubai, que se iniciará hoje e se prolongará até ao 15 deste mês, com um total de 45 desportistas e com o objetivo de superar as onze medalhas do último Mundial em Londres 2017 e conseguir somar a maior quantidade/quantia de praças/vagas possíveis para os Jogos de Tóquio 2020.

Será uma cita/marcação/encontro muito especial para um extremenho, José María Pámpano, ‘{Pampa}’. O desportista {alburquerqueño} se despede da elite após uma longuíssima e bem-sucedida corrida/curso da mão de seu amigo, treinador e protetor, Agustín Rubio. Se espera que possa estar entre os melhores no meio fundo e assim despedir-se à grande, embora não seja este o principal objetivo nesta ocasião. Pámpano tem como maior conquista seu medalha de prata nos Jogos Paraolímpicos de Atenas 2004 em sua competição fetiche, que são os 1.500 metros.

Um dos grandes favoritos para o ouro é Gerard Descarrega, que competirá com o guia Guillermo Rojo e tentará alargar a tripla coroa nos 400 metros. Não tem descido do alto do pódio em sua prova favorita desde Rio 2016, com vitórias também no Mundial de Londres 2017 e o Europeu de Berlín 2018. Seu objetivo é descer dos 50 segundos nos 400 metros -tem com Rojo uma marca de 50.28 no último Campeonato de Espanha- e também competirá nos 200.

Outro campeão paraolímpico em Brasil, o valenciano {Kim} López, disputará unicamente o lançamento de peso com o objetivo de conseguir seu primeiro título mundial após os bronzes de 2015 e 2017. Possui o recorde de Espanha com 16,60 metros, a quatro centímetros do recorde mundial.

O asturiano Alberto Suárez, medalhista de prata em maratona nos Jogos de Rio, já tem a praça/vaga para Tóquio após o subcampeonato mundial da distância do passado mês de Abril. Em Dubai competirá nos 5.000 metros da classe {T12}.

Em Emiratos Árabes Unidos também está a Navarra Izaskun Osés, bronze nos 1.500 metros da categoria/escalão {T13} em Rio e prata no Europeu de Berlín 2018. Regressa após um ano afastada do atletismo ao ser mãe.