+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

El Don Benito ficha a Kiko y renueva a Mario Gómez

 

CARLOS PINO. DON BENITO
01/07/2019

{La} zaga del {Deportivo} Don Benito para la próxima campaña se va asentando. El clube já confirmou a dois centrais após a renovação de Mario Gómez e a contratação de Kiko González, procedente do Rápido de {Bouzas}.

A renovação do defesa Mario Gómez se pode interpretar como outro êxito da direção desportiva do clube depois da boa época que fez de vermelho e branco o central andaluz. Um jogador que rapidamente se ganhou a confiança de Juan García e sempre foi fixo na {alineación}. Partiu de início em 34 partidos e conseguiu marcar dois golos. El futebolista sevilhano se formou na pedreira/formação do Recriativo de Huelva e passou por Jaén, Valladolid B e {Balompédica} {Linense} antes de vir a Extremadura.

El Desportivo Don Benito também anunciou este fim-de-semana a seu primeiro contratação, o central Kiko González. “A linha defensiva vai tomando forma com a renovação do central Mario Gómez, os laterais {Álex} Ferreira e Trinidad, e a contratação de Kiko González”, asseguravam ontem desde o clube na sua página web. .

Francisco González Rochela (29-05-1992, {Vilalba}, Lugo) é um defesa procedente do Clube Rápido de {Bouzas}. Jogou 20 partidos, 15 deles como titular. «Kiko se carateriza por ser um central contundente, rápido e com muita segurança na área», assinalam desde o Don Benito.

Kiko González se formou na pedreira/formação do Racing de Ferrol e debutou em terceira com a UD Somozas. Depois jogou no Racing Villalbés, Mar Menor, Real Múrcia Imperial, CD Badajoz e Formentera, sempre em terceira. Com a equipa das ilhas Baleares conseguiu o promoção a Segunda B e competiu com eles nesta categoria/escalão. No passado ano também esteve na categoria/escalão de bronze com o Rápido de {Bouzas}.

Também se anunciou ontem que o segundo treinador de Juan García, Germán Rojas, vai-se embora do conjunto/clube {calabazón} por motivos laborais. Chegou a época passada à entidade {rojiblanca}, que lhe agradece o trabalho realizado e lhe deseja fornece.