+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

O Don Benito assalta Santo Domingo

Os {rojiblancos} somam em {Jumilla} outra importante vitória em sua luta pela manutenção

 

ÁREA 11 deportes@extremadura.elperiodico.com EL EJIDO
15/04/2019

Passo de gigante até a manutenção do Don Benito perante O {Ejido} 2012, num encontro no qual aos pupilos de Juan García lhes bastou com o {tempranero} tanto/golo de {Sillero} para levar-se três pontos de ouro do Municipal de Santo Domingo (0-1). Foi uma luta {encarnizada} a que protagonizaram os {rojiblancos} e os {almerienses} do qual finalmente, a base de sangue, suor e lágrimas, saíram vitoriosos os primeiros para afastar-se um pouquinho mais dos postos de descida/desmpromoção.

Começou o duelo muito bem o conjunto/clube vermelho e branco, sabedor das dificuldades que podia provocar-lhe um rival com necessidade de pontos e ao que desde um bom princípio tratou de anular. Assim, apenas o jogo/partido decorria por seu quarto minuto de jogo quando o árbitro anulou um golo a David Agudo por posição antiregulamentar do avançado/ponta de lança. Durante o primeiro ato a posse esteve muito repartida, mas não assim a eficácia, maior por parte visitante.

GOLAÇO DE {SILLERO} / No minuto 9 chegou o carapau que inauguraria o marcador e fê-lo após um perfeito serviço de grupo/ponta que Trinidad mandou com força ao interior da área, {peinó} para trás em sua tentativa de {despejar} {Álex} Sánchez e nem {Molo} primeiro nem Emilio depois atuaram com contundência para tirar um couro que terminou primeiro na canhota de {Sillero} e, logo a seguir, alojado no fundo da baliza de {Aulestia}, que não pôde travar o sapatada do jogador da equipa de Badajoz.

Se lhe punha muito face o choque aos de Juan García, que atiraram de pragmatismo para pôr o marcador em franquia e gerar desconfiança num adversário que tratou de replicar pouco/bocado depois, mas a queda/redução no interior da área de {Ezequiel} não foi tida em conta pelo árbitro. O Don Benito soube jogar com o marcador a favor e extrair petróleo com seu único lançamento entre os três paus durante o primeiro ato.

O {Ejido} não queria chegar no descanso em desvantagem e procurou o empate mas sem conseguir alinhavar boas jogadas. Os {calabazones} mostravam-se sérios e organizados atrás e evitavam que os tentativas de {Kiu}, Emilio Pérez ou um centro de Álvaro González que não encontrou rematador/goleador terminassem gerando perigo diante da objetivo/meta de Leo, que apenas teve trabalho. Com tudo, o conjunto/clube extremenho {enfiló} o caminho aos balneários fazendo valer o {tempranero} tanto/golo de {Sillero}.

Na segunda metade a premissa parecia clara: administrar a rendimento e gerar nervos no bando local. A salvação/manutenção passava por encadear o terceiro encontro sem perder e ganhar novamente a domicílio poderia dar asas face ao decisivo troço final de curso que se {avecina}. No entanto, esse mesmo pensamento o partilhava o Don Benito com seu oponente, que na reiniciação tratou com mais coração que cabeça igualar as forças.

MAIS OPORTUNIDADES / Assim, os {ejidenses} adiantaram suas linhas, deixando em muitos momentos desguarnecida sua defesa. Numa dessas, {Sillero} não alcançou por pouco a rematar um centro de {Santana}. A resposta a assinou {Velasco}, primeiro numa ação que se topou com a defesa {rojiblanca} e depois com um nova tentativa que repeliu a madeira e que terminou com a bola ao fundo da baliza mas com o tanto/golo anulado por fora-de-jogo de Alfonso.

Pasaban os minutos e o Don Benito seguia/continuava inexequível ao desalento quando a esquadra celeste ficaria com um jogador menos pela segunda cartão amarela que viu Álvaro González a um quarto de hora da conclusão. As esperanças do Chui se viram reduzidas a cinzas e Juan García meteu a David López por {Sillero} para reforçar o centro do campo. Não deu lugar a mais surpresas um jogo/partido nada simples para os {dombenitenses}, que complicam a continuidade de seu rival em Segunda B e, por sua vez, se permitem dar um passo para diante para seguir/continuar na briga pela manutenção.

o {ejido} 0

dom {benito} 1

3Gol: 0-1: minuto 9, {Sillero}.

3Árbitro: Silvestre {Cerdá}. Expulsou ao local Álvaro González (m.76) por dobro admoestação. Cartões amarelos aos locais Emilio Cubo, {Yannis} e {Gabri}; e aos visitantes Pepe Bernal, {Ale} {Zambrano} e David López.

3Estadio: Santo Domingo (1.247 {espec}.).

3El {Ejido} 2012: {Aulestia}; Emilio Cubo (Alfonso, m.46), {Uru}, {Molo}, {Álex} Sánchez, {Gabri}, {Kiu}, {Artiles} ({Yannis}, m.60), {Ezequiel}, {Velasco} (Jesús Rubio, m.67), Álvaro González.

3Don Benito: Leo Santos; {Álex} Ferreira, Trinidad, Mario Gómez (Javi Pérez, m.72), {Ordóñez}, {Ale} {Zambrano}, {Matheus} {Santana}, Pepe Bernal, Gonzalo, {Sillero} (David López, m.80), David Agudo ({Edgar} Agudo, m.61).