+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

Derrota muito previsível

O Nissan Al-Qázeres apenas teve opções em seu visita ao Valência {Basket}

 

ÁREA 11 deportes@extremadura.elperiodico.com VALENCIA
16/02/2020

Só/sozinho no segundo quarto, com 15 pontos duma espetacular {Jennie} {Simms}, pôs em embaraços Nissan Al-Qázeres Extremadura a um Valência {Basket} que foi muito superior durante o resto do encontro (66-48).

Esperava o Nissan Al-Qázeres Extremadura encontrar-se com o Valência cansado e fora de sítio das últimas jornadas {ligueras}, nas que encadeou três derrotas consecutivas. Mas enganava-se. As locais têm aproveitado bem a paralisação {liguero} para recompor-se e, com {Tamara} {Abalde}, {Queralt} Casas e {Jana} {Raman} de novo disponíveis e ao 100% as valencianas mostraram-se intratáveis desde/a partir de o início, assinando um parcial inicial já de 6-2.

Reagia apesar de toda a equipa extremenho, que empatava a seis mediado o primeiro quarto. Mas aí acabava-se a pólvora das visitantes ou as concessões das locais, que puseram-se de novo o giro de pesca, cortaram as vias de penetração de seu rival e secaram por completo o ataque de um Nissan Al-Qázeres que ia desesperando com o passo dos minutos e as canastras de seu rival.

De pouco/bocado serviam as rotações ou os tempos mortos e Valência {Basket} assinava um parcial de 13-0 que deixava o marcador num {apabullante} 19-6 no fim do primeiro quarto.

Um tripla de {Raman} ao início do segundo quarto aumentava a rendimento local, embora esta vez replicava {Simms}, também desde/a partir de o exterior (22-9). Parecia que o Al-Qázeres reagia e {Arica} {Carter} reduzia as diferenças aos 10 pontos (22-12, minuto 12).

As extremenhas tratavam de fazer-se fortes na zona, mas Valência {Basket} a destroçava com dois triplos consecutivos de {Roso} {Buch} que obrigavam às visitantes a pedir um novo tempo morto (28-14 a 6:25 para o descanso/intervalo). Mas as extremenhas não se deixavam {amilanar}, apertavam os dentes em defesa e se encarregavam ao medida certa de {Simms}, que com 15 pontos neste quarto permitia a seu plantel/elenco ir-se com vida no descanso (33-28).

NOVO ARRANCO LOCAL / Mas as coisas voltavam a torcer-se no início do terceiro quarto. Cinco minutos tardaram as extremenhas em anotar seus primeiros pontos neste quarto, e ainda que Valência {Basket} também não via aro com facilidade, se conseguia ir aos poucos alargando sua vantagem no luminoso. Um parcial de 8-0 a favor das locais quebrava de novo o jogo/partido e colocava o marcador 41-28.

{Carter} quebrava a seca visitante com um tripla mediada o quarto, e pouco/bocado depois Paula Ginzo culminava em canastra após uma assistência de {Simms}. Mas aí acabava-se a lucidez das visitantes neste quarto. Já não teve mas pontos para Nissan Al-Qázeres e as valencianas assinavam um novo parcial de 9-0 que as colocava com 19 pontos de rendimento ainda à falta de disputar-se o último quarto (52-33).

Diminuía por ver que Al-Qázeres saltava à campo/pista no quarto decisivo, se o de o primeiro e terceiro set, nos que a equipa apenas tinha conseguido anotar um total de 11 pontos, ou o do segundo, no qual fez face a seu rival e reduziu as diferenças.

Nem um nem outro. Melhorou a equipa extremenha, que conseguiu levar o jogo/partido ao terreno da igualdade nestes últimos dez minutos, mas isso era a todas luzes insuficiente para meter-se no jogo/partido. Valência {Basket} jogou suas cartas, dormiu o jogo/partido e ainda que permitiu que o rival respirasse, não lhe deu nunca opções e se fez com um cómodo triunfo no fim (66-48).

A derrota não é nenhum desgosto para as jogadoras de Ricardo Vasconcelos, cujo objetivo, à vista da dificuldade do rival, era acumular sensações positivas face ao importantíssimo encontro do próxima sexta-feira perante o Queijos O Pastor Zamora, que esta manhã se enfrenta ao poderoso {Gernika}. Se não dá a surpresa, se apresentará em Cáceres com dois vitórias de desvantagem na luta por salvar-se.

VALÊNCIA 66

AO-{QÁZERES} 48

3Marcador por quartos: 19-6, 33-28 (descanso/intervalo), 52-33 e 66-48 (final).

3Árbitros: Olivares, Corrida/curso e {Esteve}. Sem eliminadas.

3Pabellón: Fuente de San Luis.

3Espectadores: 800.

3Valencia {Basket}: {Anna} {Gómez} (2), {Queralt} Casas (10), {Tamara} {Abalde} (0), {Mireia} {Tirera} (14), {Jay} {Brown}-{Adams} (4). -cinco inicial- {Irene} {Gari} (3), {Robyn} {Parks} (10), {Rebeca} {Cotano} (2), {Roso} {Buch} (10), {Jana} {Raman} (7), Julia Reisingerova (4)

3Nissan Ao-{Qazeres} Extremadura: Paula Ginzo (10), {Bozica} {Mujovic} (2), {Miriam} {Forasté} (6), {Arica} {Carter} (12), {Jennie} {Simms} (18) -cinco inicial- Laura {Ferreira} (0), Julia Melina (0), {Dragana} {Domuzin} (0), {Josefin} {Vesterberg} (0).