+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

O Calamonte congela à {UPP}

A equipa de Alberto Ortiz continua com seu excelente momento de forma

 

O avançado/ponta de lança local Carrasco espera a bola perante {Edet}, ontem. - J. {GAGO}

JOSÉ GAGO CALAMONTE
15/04/2019

Se aproxima o inverno e a noite para a famosa série norte-americana Jogo de Tronos. No Municipal de Calamonte se deliberou uma batalha que bem poderia parecer-se a uma das épicas recriações. Não faltou emoção e também não golos. {Erik} {Aguado} tornou-se no {Jon} Neve do Calamonte. Espetacular o mexicano.

Começou o duelo com a {UP} Plasencia tentando amedrontar ao combinado de Alberto Ortiz, mas não tardou a equipa branca em estabelecer-se sobre/em relação a o verde e começar a dominar através da posse. Bem é certo que na primeira parte nem José Fuentes, nem {Héctor}, tiveram trabalho. Não se disparou entre os três paus.

E quando parecia que este primeiro ato ia a terminar em tábuas, apareceu {Erik} ou {Jon}, ou como queiram. Mas apareceu e {asestó} o primeiro golpe (1-0). Tirou sua espada (ou bota) para bater a {Héctor} e adiantar ao Calamonte. {Erik} {is} {coming}. Tocava duche e reflexão. E não tardou muito Luismi em mudar peças sobre/em relação a o tabuleiro, embora também não seriam decisivos.

Após o passo pela duche, o Calamonte começou a preparar o ambiente para uma autêntica exibição. E isso que a equipa de Plasencia quis apresentar batalha. Luismi, após um disparo ao trave, enviava a bola ao fundo das malhas e punha o empate no marcador (1-1). Um miragem.

Começou o Calamonte a associar-se, a jogar como fazia anos que não se via em seu feudo. Um verdadeiro vendaval. E numa muito boa ação de {Eloy}, que culminaria com um centro envenenado à área, {Edet} introduzia a bola em sua própria baliza (2-1). Um tanto/golo merecido pelo que se estava vendo sobre/em relação a o verde.

Seguia/continuava gostando's o Calamonte. Primeiro Mario Hormigo e depois {Écija} puseram a prova a {Héctor}, salvador em ambas. {Erik} voltava a aparecer. Numa boa internada de Enrique, o jovem mexicano aparecia no segundo pau para pôr a ginja (3-1).

Com esta derrota, a {UPP} vê travado sua aproximação à quarta praça/vaga, que ostenta o Coria. O Calamonte segue/continua erigindo-se como o melhor da outra liga e se situa na nona praça/vaga. A equipa de Alberto Ortiz visitará a próxima jornada ao Azuaga e, por seu lado, o combinado de Luismi receberá ao Extremadura ‘B’.

Calamonte 3

Plasencia 1

3Goles: 1-0-Min. 42: {Erik}. 1-1-Minuto 54: Luismi. 2-1: {Min}. 56: {Edet}, em própria porta. 3-1-Min. 73: {Erik}.

3Árbitro: Paredes Carrasco. Admoestou aos jogadores locais {Parra}, {Écija} e {Juanfe}, e aos visitantes {Durántez} e {Valverde}.

3Estadio: Municipal.

3Espectadores: 630.

3Calamonte: Fuentes; Hormigo, {Parra}, {Pity}, {Eloy}; {Juanfe}, {Écija} ({Juanan} {Sancho}, {min} 84), Jorge Caballero (Enrique, {min} 73), {Berna}; {Erik} ({Mecherito}, {min} 88) e Carrasco.

3UP Plasencia: {Héctor}; {Belli}, Alvaro Juanals, {Edet}, {Valverde}; {Durántez} (Pedrito, {min} 82), {Gilarte}, Javi López ({Manu} {Moreira}, {min} 46); {Aarón}, {Kofi} ({Borja}, {min}. 46) e Luismi.