+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

O Arroyo conclui seu início mais complicado

Com o {Zabaeta} de sábado acaba o ‘Everest’

 

Jogada do jogo/partido perante o {Emevé} Lugo. - {NINA} {BAÑEGIL}

REDACCIÓN
07/11/2019

Após o jogo/partido da próxima jornada do Grupo A de Superliga Feminina 2 ({SF2}) que dispute face ao Auto {Cancelas} {Zalaeta} de A Corunha, o Extremadura Arroyo que treina Adolfo Gómez se terá enfrentado a todas as equipas da parte alta da classificação geral e terá perante si um final da primeira volta, a priori, muito mais acessível.

Veleidades do destino, o sorteio do calendário de competição de {SF2} proporcionou que nas seis primeiras jornadas, a equipa extremenha devesse enfrentar-se aos conjuntos que dominam os cinco primeiros postos da tábua classificadora, Areal {Emevé} (Lugo), {VP} Madrid, {Sayre} Décimas (As Palmas de Grande Canária), {REDPISO} {Torrejón} (Madrid) e o quadro corunhês, o que implica o extra de dificuldade deste começo da competição, que se tem saldado com um boa pilhagem de pontos e estando muito perto de a tábua classificadora.

Desta forma, uma vez disputado seu encontro perante {Zalaeta}, o conjunto/clube extremenho encarará um calendário mais ‘benigno’, sempre sobre/em relação a o papel, frente a equipas situadas de metade para abaixo na classificação desta Superliga 2: {RGC} {Covadonga} (Gijón), {Sestao} (Vizcaya), {Torrelavega} (Cantabria), {Leganés} (Madrid) e {Arona} ({Tenerife}).

Enquanto, e uma vez concretizado faz semana e média/meia o atraso horário de inverno, o Extremadura Arroyo também modifica sua hora habitual para os encontros em seu campo/pista, que passa a estabelecer-se às 18.00 horas.