+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

Adolfo: «Oxalá a hobby/adeptos siga/continue assim, vamos a depender deles»

 

08/04/2019

Após a resignada/sofrida vitória perante o Aceuchal, o treinador do Cacereño, Adolfo Muñoz, teve palavras para a hobby/adeptos, «que tem sabido entender que as equipas passam por maus momento e sabem que agora estamos num momento delicado. Hoy a equipa, nalguns momentos, se tem sentido com nervos, como com medo, e as pessoas lhe tem apoiado. Oxalá sigam/continuem assim, vamos a depender deles. E nós vamos a dar tudo o que temos. Seu comportamento hoje foi extraordinário e isso o valoriza o pessoal». Quanto ao jogo/partido reconheceu que, apesar de ser o que esperavam, «uma equipa encerrado atrás», têm sofrido até ao fim. «O Aceuchal tem vindo a empatar e inclusivamente perdendo vão com boas sensações». Não o disse exatamente assim o treinador ‘{piporro}’, Javier Diosdado ‘{Cisqui}’, que sim reconheceu que seu plantel/elenco, apesar da derrota, tinha facto/feito «um bom trabalho». «Tem mérito jogar contra plantel/elenco que não te deixam espaços, que te param o jogo constantemente», acrescentou Adolfo, que acredita que estiveram imprecisos nalguns momentos. J. J. T.