+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

{Abreu}: «O Diocesano está a fazer melhor futebol que em anos anteriores»

O presidente {rojillo} elogia a seus futebolistas e ao treinador, Adolfo Senso

 

Iván, lesionado no jogo/partido perante o Cacereño, sendo retirado. - ANTONIO MARTÍN

J. M. O. CÁCERES
23/10/2019

«A equipa está jogando futebol melhor que os dois anos anteriores». O presidente do Diocesano, Alfonso Abreu, não o dúvida e mostra desta forma tão nítida sua satisfação pelo trabalho que está a fazer a equipa.

«Deveríamos ter bastantes mais pontos, e não é assim porque temos falhado muitas ocasiões, que também acreditemos mais que nas épocas anteriores», acrescenta Abreu de um plantel/elenco que, com 11 pontos, ocupa o duodécimo lugar da classificação do grupo XIV de Terceira Divisão.

O empresário cacerenho é cauteloso na hora de seguir/continuar fixando o objetivo, apesar de que cria/acredite que seu plantel/elenco está riscando a muito bom nível. «Temos de conseguir os pontos para a manutenção, e além disso o quanto antes», apontou. E em isso confia pelo trabalho dos futebolistas e do corpo treinador que encabeça Adolfo Senso. «Vive para o futebol, dando-lhe ao {coco} todo o dia, como Guardiola ou Mourinho. É um louco do futebol», incidiu Abreu, que também elogia ao marcador Javi Bernal, com sete tantos em seu ter. «Tem grandes condições e está madurando, mas vai ser muito bom futebolista», vaticinou.

No lado negativo, o capítulo das lesões, com Tete no dique seco e sobretudo o problema de joelho do lateral Iván, que se lastimou no derby perante o Cacereño e que estará por isso vários meses afastado dos terrenos de jogo.