+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

‘Todos Olímpicos’ contínua nos meses de Maio e Junho

 

08/05/2019

Após sua reiniciação com o início do último trimestre do curso 2018-2019, o programa ‘Todos Olímpicos’, posto em marcha na Extremadura pela Fundação Jovens e Desporto mercê ao acordo com o Comité Olímpico Espanhol, contínua neste mês de Maio com suas sessões em centros educativos da região, chegando de novo a quase 4.000 alunos de toda a geografia extremenha.

As exdesportistas olímpicas Nuria Cabanillas (ginástica rítmica) e {Laura} Campos (ginástica artística), que repetem como condutoras das atividades durante as quais explicam ao os alunos os diferentes desportos olímpicos existentes, têm visitado no que vai de mês centros de localidades como Villafranca de los Barros, Hoyos, La Coronada ou Cáceres, transmitindo em suas vivências na competição e seu dia-a-dia no treino, com o que se cumpre uma dobro função: se aproxima a realidade dos desportistas de elite aos escolares e se dão a conhecer muitos desportos, em ocasiões desconhecidos para os mais pequenos.

Desta forma, a Fundação Jovens e Desporto volta a ser a encarregada de canalizar tudo o relativo a este projeto que o {COE} desenvolve em várias regiões do nosso país e que tem como objetivos a difusão do Olimpismo e seus valores através do desenvolvimento e aperfeiçoamento do movimento Olímpico e o desporto, a estimulação e orientação de sua prática, bem como o fortalecimento do idealizador Olímpico mediante a adequada divulgação de seu espírito e filosofia.

‘Todos Olímpicos’ tem previsto chegar a meio centena de centros extremenhos (com distribuição equitativa entre nossas duas províncias), num programa destinado a escolares de 4º, 5º e 6º de Primária, ficando pendente em Maio visitas a Colégios de Badajoz, Castuera, Carcaboso, Mérida, Almaraz, Mirabel, Aceuchal, Plasencia, {Yelbes} ou Arroyo de la Luz, entre outros, nos que se pretende animar aos e as menores a ser constantes no uso e aquisição dos valores inerentes ao desporto, que do mesmo modo se podem transferir a todas as facetas da vida.