+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

Os vizinhos de Nidos pedem que se controle o acesso de carros à rua

Reclamam que se repare o "bolardo" que proibia o passo ou se instalem câmaras. Também se queixam do mau estado da via e pedem melhorias na sua manutenção

 

Vizinhos/moradores da rua Ninhos protestam e pedem que se controle o acesso a carros. - FRANCIS VILLEGAS

G. G. epextremadura@elperiodico.com CÁCERES
27/02/2019

os vizinhos da rua Nidos voltam a reclamar que se controle o acesso de carros. Já em Julho os residentes transferiram uma queixa à Câmara Municipal para que repara um "bolardo" que fechava o passo a veículos e que foi arrancado por um camião meses antes. A Câmara Municipal comprometeu-se a substituirlo mas a dia de ontem o pivô ainda não foi reparado. no seu lugar luz um sinal que dá aviso aos condutores para que não transitem com os seus veículos pela rua mas os vizinhos lamentam que «não é suficiente». «os carros nem vêem o sinal e se lhes dizíamos algo não nos faziam caso», critica Silvia Aschauer Sánchez, residente na rua desde há trinta anos, que lamenta também que apesar de ser uma via para uso pedonal o passo de veículos «é contínuo» e critica que transitam a alta velocidade «com o perigo que isso implica». «Quando vem um carro nos temos que meter no portal porque não há passeios e é muito estreito, na rua há meninos e pessoas adultas, uma vez deixei o carrinho  da menina na rua e passou um carro, menos mal que não estava a menina dentro, é um perigo», põe de relevo.

Nesse sentido, criticam a «passividade» da Câmara Municipal e reiteram a petição que transferiram à Câmara Municipal para que se repare o pivote que controlava o passo. A Câmara Municipal confirmou na altura própria que tinha recebido o pedido dos vizinhos e anunciou que daria transferência à brigada de obras para que atuasse.

CÂMARAS DE SEGURANÇA //Em qualquer caso, os residentes propõem como medida alternativa à reparação do pivô que se instalem câmaras como acontece noutras vias pedonales como São Pedro de Alcántara para supervisionar que o passo está aberto sóa residentes e a veículos autorizados. «Queremos uma solução definitiva», sustenta a residente.

Cabe recordar que a via é pedonal desde há dez anos quando a Câmara Municipal decidiu em 2009 fechar o acesso a veículos após a reivindicação dos próprios vizinhos que chegaram a organizar uma recolha de assinaturas.

Por outro lado, Aschauer também lamenta o «mau estado» no qual encontra-se a rua e pedem à Câmara Municipal que invista na sua melhoria e a manutenção do empedrado da rua. «Vêm e arranjam o jardim mas da rua não se ocupa ninguém», lamentam.