+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

Vara aponta a outro «importante» jazida de {litio} na província

Está entre Cáceres e Plasencia e afastado de núcleos urbanos, ao contrário que {Valdeflores}. O projeto poderia estar ligado a uma indústria do sector e conta com participação extremenha

 

Guillermo Fernández Vara, cumprimenta à ministra em funções para a {Trancisción} Ecológica, Teresa Ribera, ontem. - EFE

REDACCIÓN caceres@extremadura.elperiodico.com CÁCERES
27/10/2019

Há outra jazida de {litio} na província de Cáceres e nas próximas semanas terá notícias sobre/em relação a ele, segundo revelou ontem o presidente da Junta de Extremadura, Guillermo Fernández Vara. Disse que se poderia obter este mineral «em quantidades/quantias muito importantes» nesse enclave e a priori poderia contar com todos os parabens ao tratar-se de um projeto que está afastado de núcleos urbanos, pelo que não teria os entraves que complicam a aposta de {Infinity} {Lithium} na zona de {Valdeflores}, recolhe/expressa Efe.

A jazida ao que referiu-se Vara está situado entre Cáceres e Plasencia e, por enquanto, há em marcha ali uma investigação mineira duma promotora que não guarda nenhuma relação com o projeto de Cáceres e na qual há participação extremenha. Segundo as palavras do presidente da Junta, neste caso «não teria nenhum problema» para desenvolver a exploração, que poderia estar além disso ligada a «alguma indústria do sector».

Fernández Vara fez ontem estas declarações antes de participar em Mérida, junto à ministra em funções para a Transição Ecológica, Teresa Ribera, numa reunião do PSOE da Extremadura de carácter eleitoral. Nesta semana, a conselheira de Transição Ecológica, Olga García, referiu-se também à tramitação de outro projeto para explorar {litio}.