+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

«Temos de mudar o {chip} e falar com {Vox} se as suas propostas são boas»

«Temos podido chegar a acordos com Podemos, PSOE e Ciudadanos», diz. Nevado mostra-se disposta a negociar com a formação se não alcança a maioria

 

MIGUEL ÁNGEL MUÑOZ
11/01/2019

O jogo/partido que ocupa todas as capas deste país se coou ontem (era lógico) no balanço que realizou a presidenta da Câmara Municipal no Parador Nacional de Turismo. {Vox} foi quem açambarcou a atenção da cita/marcação/encontro e certamente Elena Nevado se molhou. Fê-lo em resposta a uma pergunta formulada por O Jornal Extremadura assegurando que no caso de que {Vox} tivesse representação municipal após as eleições autárquicas chegaria a acordos pontuais com a formação de Santiago Abascal se as suas propostas fossem razoáveis e boas para a cidade. Desta forma, a já confirmada candidata do PP mostrava sua disposição a dialogar com a formação de extrema-direita se não consegue a maioria absoluta para governar. «Somos um governo dialogante. {Vox} hoje não está na Câmara Municipal, mas nós temos podido chegar a acordos com Podemos, Ciudadanos e PSOE nesta legislatura», justificou a presidenta da Câmara Municipal.

«Temos de mudar o {chip}. Sempre e quando seja bom para a cidade, temos de falar. Sobre/em relação a as questões que não são boas para Cáceres, não, mas falar temos de falar com toda a gente», assegurou Nevado, que advertiu: «Não esqueçamos que se {Vox} entra nas instituições é porque obteria uma representação que lhe dão os cidadãos».

Elena Nevado, como é habitual, não teve cabelos na língua para realizar estas declarações num momento no qual o panorama político está mais crispado que nunca. Sabedora de que não será simples governar, se prepara para uma estratégia na qual não parece disparatado que {Vox} entre na Câmara Municipal.

Tudo isto um dia antes de que hoje o presidente do Partido Popular José Antonio Monago, a presente como candidata à presidência da câmara municipal num ato que terá lugar às 11.15 horas na praça/vaga do Limoeiro, em As 300, uma decisão que tem chamado a atenção e que demonstra a mensagem que a equipa de Nevado quer lançar à cidadania frente a aqueles que desde a oposição/concurso público lhe {afean} que durante esta legislatura «tem abandonado os bairros». A campanha já está aqui.