+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

Os quatro autorizações apresentados

 

25/10/2019

AUTORIZAÇÃO {VALDEFLORES}. Pedido por Tecnologia Extremenha do {Litio} ({Infinity} {Lithium} e Valoriza Minaria -Sacyr-). É uma autorização de investigação, do qual se se autoriza se pode derivar uma petição/pedido de exploração para fazer a mina. Se chegou a conceder em Outubro de 2016, mas se anulou por um defeito de forma na exposição pública. Na passada semana voltou a sair a informação pública para a apresentação de alegações. Afeta a dois quadrículas mineiras e ao espaço onde se escavaria a mina. Agora a Junta terá que resolver as alegações e decidir sobre/em relação a sua autorização.

ALARGAMENTO {VALDEFLORES}. Embora é menos importante que o anterior, vai mais avançado. É uma autorização de investigação, também solicitado por Tecnologia Extremenha do {Litio}. Afeta a 45 quadrículas mineiras que circundam às dois do autorização {Valdeflores}. Se autorizou em Maio de 2017, mas se anulou por um defeito de forma na exposição pública. Se voltou a submeter a informação pública em Novembro de 2017 e se apresentaram 9.000 alegações. A Conselheria para a Transição Ecológica tem solicitado um relatório/informe à Advocacia Geral da Junta antes de decidir sobre/em relação a a resolução do autorização. O conteúdo desse relatório/informe será importante porque pode condicionar a decisão que se tome sobre/em relação a a autorização principal das duas quadrículas mineiras.

SÃO JOSÉ. É uma autorização de investigação pedido por Valoriza Minaria -Sacyr- sobre/em relação a 47 quadrículas mineiras, cobre a mesma superfície que os dois autorizações anteriores. A decisão sobre/em relação a o mesmo depende de que os dois primeiros se resolvam

EXTREMADURA. É uma autorização de exploração, que em caso de conceder-se dá prioridade na petição/pedido de autorizações de investigação ou concessões diretas de exploração, que não necessitam a autorização prévio de investigação. O apresentou Castela {Mining} sobre/em relação a uma superfície de 315 quadrículas de Cáceres, Sierra de Fuentes e Torreorgaz. Como administrador aparece {Adrian} {Byass}, que é diretor executivo de {Infinity} {Lithium}.

JOSÉ LUIS BERMEJO