+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

O debate eleitoral chega a Cáceres

Quatro dos cinco candidatos à presidência da câmara municipal de Cáceres reúnem-se hoje às 12.30 horas convocados pelos alunos de As Josefinas. O Debate Eleições Autárquicas 26-M girará em torno de um tema de grande controvérsia na cidade: a mina de {litio}

 

Os organizadores 8 Alunos de 1º de Ensino secundário, ontem junto ao professor de Economia, Francisco del Moral, no Salão de Atos das Josefinas, lugar onde hoje celebra-se o debate. - FRANCIS VILLEGAS

MIGUEL ÁNGEL MUÑOZ
08/05/2019

Cáceres viverá hoje um momento transcendental desde o ponto de vista da teoria política: a primeira vez na história de sua democracia na qual quatro dos cinco candidatos/candidatas à presidência da câmara municipal da cidade protagonizarão um debate eleitoral. Provavelmente nem sequer seus protagonistas terão calibrado a importância desta cita/marcação/encontro que tem previsto reunir a mais de um centena de pessoas ao vivo. Não é um debate fútil, embora tenha quem tenha a tentação de pensarlo. Não é insubstancial que uns estudantes de 1º de Ensino secundário da ramo de Humanidades, com seu professor de Economia à cabeça, tenham organizado este encontro no salão de atos da escola de As Josefinas. Se os assessores dos quatro cabeças-de-lista não têm calibrado seus efeitos, deveriam terlo facto/feito.

Só/sozinho basta {recordar} que a metade da audiência jovem sintonizou os confrontos de RTVE e {Atresmedia} nas recentes eleições legislativas. Os debates permitem aos cidadãos votar tendo visto de perto aos candidatos confrontar suas ideias, defender suas programas e explicar seus planos de Governo. Têm utilidade democrática e são também um grande espetáculo.

Hoy, às 12.30, terá oportunidade de comprová-lo numa convocatória cujo embrião se {gestó} na classe de Francisco del Moral. Nessa altura, os alunos tomaram a testemunha, contactaram com os partidos e todos aceitaram, exceto {Vox}, que declinou a convite.

O Debate Eleições Autárquicas 26-M girará em torno da mina a céu aberto que a empresa Tecnologia Extremenha do {Litio} pretende explorar em A Montanha. É um tema de atualidade que gerou uma grande polémica na cidade. A partir de este assunto se apresentarão cinco pontos. O primeiro, a posição dos candidatos sobre/em relação a o projeto; o segundo, as consequências económicas que geraria a exploração; o terceiro, os efeitos de emprego que acarretaria; o quarto, a repercussão sobre/em relação a O {Calerizo} e as casas da Serra da Mosca e, o quinto e último, como geririam os partidos a questão da mina se tivesse que pôr sobre/em relação a a mesa um acordo de governabilidade face a futuros pactos.

O debate estará moderado pelos alunos Daniel Carbonero e {Alicia} Enrique. Para além do professor, irá o biólogo Julio Antonio Herrera. Cada candidato terá três minutos por intervenção. Hoy chega a hora de todos eles e qualquer desliz se refletirá com luz e taquígrafos. E se não, que se o perguntem a {Albert} Ribeiro quando durante a emissão do espaço moderado por Vicente Vallés e Ana Pastor {espetó}: «¿Tem terminado de mentir, senhor Sánchez? Agora me toca a mim». Em Twitter foi {trending} {topic}, claro.