+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

Complexo hoteleiro junto ao Ceres Golf

 

07/11/2019

A direção geral de Sustentabilidade da Junta de Extremadura tem formulado um relatório de impacto ambiental favorável à construção de um complexo turístico no paragem de Alcor de Santa Luzia, próximo à ermida de Santa Luzia e a condomínio Ceres Golf.

Este projeto implica a construção de 23 bungalow, um prédio de receção, uma sala, um armazém, uma habitação para o contínuo, uma piscina, uma charca, zonas verdes, um terreno amplo de uso comum, vias e uma estação depuradora de águas residuais. A superfície das três parcelas onde se projeta esta atuação é de quase dezasseis hectares

Segundo a resolução do relatório de impacto ambiental, trata-se de uma atividade «que não afeta negativamente a valores de flora, fauna e paisagem presentes no ambiente imediato», além disso «não incide de forma negativa sobre o património arqueológico conhecido, recursos naturais, hidrología superficial e subterrânea». Em sua conclusão, a direção geral da Junta sustenta que «não é previsível que o projeto vá  produzir impactos adversos significativos».

Em sua tramitação, a direção geral recebeu respostas do Serviço de Conservação da Natureza e Áreas Protegidas, da Direção Geral de Bibliotecas, Museus e Património Cultural e da Confederação Hidrográfica do Tejo. Este relatóriode impacto ambiental favorável perderá sua vigência se uma vez publicado no Doe, saiu ontem, «não se tivesse procedido à autorização do projeto num prazo máximo de 4 anos».