+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

A rua do medo

O ‘{flashmob}’ organizado por uma escola de dança {ambientó} a rua comercial Menacho

 

Terrorífica 8 Una das integrantes do flatulencia, ontem. - ANDRÉS RODRÍGUEZ

Expectación 8 Numeroso público asistió al espectáculo en la calle Menacho. - ANDRÉS RODRÍGUEZ

A. M. ROMASANTA
27/10/2019

Sonaba o grupo sonora do filme {It} e alguns meninos se tapavam a face porque não podiam suportar a arrepiante imagem do personagem que lhes vinha de frente. Mais de um centena de dançarinos e alunos da escola de dança {Be} a {Rainbow}, familiares e amigos, protagonizaram ontem um terrorífico {flashmob} na rua Menacho antecipando {Halloween}, nesta ocasião caraterizados como bonecas diabólicas e palhaços assassinos que pareciam ter escapado da grande ecrã. A de ontem era a quarta edição desta iniciativa e os participantes estavam entusiasmados, segundo contou {Beatriz} Zamora, diretora da escola. Na rua Menacho, à entrada do passagem comercial onde tem sua sede este centralismo de dança, numeroso público aguardava pontual para vê-los sair e seguir/continuar sua coreografia. Esse era o objetivo: animar o comércio.

{Beatriz} Zamora era uma linda boneca de longas {pestañas} e pele de porcelana, mas seu destino se truncou quando a metade de seu rosto se queimou. Para caraterizar-se somente utilizou ingredientes casarões: maquilhagem, cauda e sal gorducho e, embora pareça mentira, o resultado era simples de arrastar com um simples {peeling}. Três horas de preparação necessitaram para maquilhar-se e muitos dias de ensaio para aprender o dança. Resultou de medo.