+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

Os novos quinze autocarros elétricos já estão na rua

Os veículos começaram a prestar serviço ontem com «bom acolhimento». Gastam 16 euros ao dia em energia, face aos 140 euros em combustível do resto

 

Um dos novos autocarros elétricos operacional/operativo desde ontem. - S. GARCÍA

B. C. lcb@elperiodico.com BADAJOZ
09/05/2019

Los novos quinze autocarros elétricos que a concessionária do transporte urbano em Badajoz, {Tubasa}, tem incorporado começaram ontem a circular pela cidade. Los veículos, da marca chinesa {BYD}, se {recepcionaron} no passado mês de Março e antes de pô-los em circulação/trânsito se têm tido que implantar as máquinas de pagamento, o {wifi}, as ecrãs e os portas USB dos que dispõem os 44 veículos que compõem a frota.

O vereador de Transportes, Jesús Coslado, assinalou ontem que os novos autocarros estavam funcionando com total normalidade e que tinham tido «um bom acolhimento» por parte dos usuários. Estes veículos 100% elétricos têm substituído a outros 15 de combustível, o que permitirá uma poupança considerável em combustível: os primeiros custam 16 euros ao dia em consumo de energia, enquanto a despesa dos segundos em combustível se eleva aos 140 euros por jornada. Assim, Coslado destacou que para além de reduzir a poluição ao diminuir a emissão de gases, se poupam mais de 120 euros diários/jornais. «Vai-se a notar desde hoje (por ontem)», assegurou o vereador.

{Tubasa} tem investido 6,8 milhões na compra destes veículos e os cinco microautocarros que desde Novembro cobrem as novas linhas {exprés} que se têm implantado na cidade. Em troca, à empresa se lhe alargou a concessão até ao ano 2037 (dez mais dos que contemplava o contrato de adjudicação).

baterias de {litio} / Los novos autocarros funcionam com baterias de {litio} e sua autonomia é de 250 quilómetros sem recarregar. A concessionária conta em sua sede do polígono industrial O {Nevero} com 15 pontos de recarga/recarrega e um centro de transformação com uma potencia de dois transformadores de 800 {kva} cada um, que permitirão que estes veículos se recarreguem ao 100% em quatro horas, que é a metade do tempo que estão desempregados/parados, dado que o serviço diário/jornal habitual é de 16 horas de funcionamento.

Estes novos e o resto até os 44 que compõem a frota contarão a partir da próxima semana com desfibrilhadores. Los condutores já foram formados no manejo destes aparelhos para atender a os usuários.

Também, Coslado informou de que continuam os trabalhos para que todas as paragens/desempregadas/paradas de autocarros da cidade sejam acessíveis. Já se têm acometido as obras de adequação no 20% delas.