+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

Uma app guiará pelo hospital às pessoas com deficiência

Deficientes intelectuais, cegos e ancianos são os seus destinatários. O fim é fomentar a autonomia dos usuários do centro ao que lhe continuarão outros

 

Apresentação, ontem em Mérida, da nova aplicação. - {JUNTAEX}

AGENCIAS prov-badajoz@extremadura.elperiodico.com MÉRIDA
27/02/2019

Os usuários do Hospital Terra de Lamas de Almendralejo contam desde ontem com um serviço de aplicação nos telemóveis, através de Bluetooth, pelo que as pessoas invisuais, ancianas ou com deficiência intelectual podem ter autonomia na hora de mover-se pelas suas dependências.

Assim o assinalaram, no decurso duma conferência de imprensa em Mérida, o conselheiro de Saúde e Políticas Sociais, José María Vergeles, e o delegado territorial da ONZE na Extremadura, Fernando Iglesias, que apresentaram o Projeto Beepcons do hospital.

Vergeles explicou que durante um tempo  provar-se-á o sistema neste centro hospitaleiro «piloto» e que nos próximos meses, «se isto funciona»,  estender-se-á a outros hospitais, possivelmente o segundo seja o Universitário de Cáceres.

O conselheiro destacou que este projeto tem como fim «converter em muito mais amigável» um lugar «de per si inóspito» como é um hospital já que a estes centros só se vai quando alguém está doente.

Entre os beneficiários desta iniciativa, Vergeles mencionou a aqueles que não conhecem o hospital e sofrem certa deterioração, às pessoas com deficiência intelectual e às que têm outras visuais, para as que, neste último caso, se lhes facilitarão pictogramas nos seus telemóveis.

Também, assinalou que é de agradecer a «iniciativa» da Fundação ONZE para avançar nesta matéria já que «são os pais» do projeto, e acrescentou que esta organização também levou a cabo em seu dia um serviço domiciliário.

Pelo seu lado, a Junta dá um orçamento de 17.000 euros.

Pela sua vez, o delegado territorial da ONZE na comunidade autónoma salientou que o Projeto Beepcons é interessante «para todos», especialmente para as pessoas que vivem em zonas rurais, sublinhando seguidamente que por esta razão se tem começado por um hospital «pequenino».

fomentar a autonomia / O objetivo primordial é, no seu entender, «fomentar a autonomia» dos usuários dos centros hospitaleiros que têm dificuldades nas suas vidas pessoais.

Em definitiva, trata-se de que as pessoas com deficiência possam «deambular sem limitações», salientou.

Fernando Iglesias declarou, também, que a ONZE faz «um grande esforço» para melhorar a vida da população e que a entidade agradece o trabalho que a Junta de Extremadura fez «em tempo recorde».

Também disse que a ONZE animará a todos os seus filiados da região de Terra de Lamas a utilizar o inovador sistema de telemóveis quando necessitem ir ao Terra de Lamas.

A aplicação  pode se descarregar, através de PlayStore para dispositivos android e para os que têm sistema operativo iOs a través da site do Portal Cidadão da Junta.

O paciente tem a opção de selecionar o ponto exato no qual encontra-se e o ponto de destino ao que deseja chegar, de tal forma que a aplicação oferece uma série de pautas indicações em relação a os corredores que deve percorrer para chegar a onde deseja.