+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

A policia municipal estreia motocicletas e segue/continua reivindicando outras melhorias

São oito motas com a ideia de ter mais presença em bairros

 

Assim são as novas motocicletas da policia municipal. - R.C.

REDACCIÓN ALMENDRALEJO
08/04/2019

A policia municipal apresentou as oito novas motocicletas com as que conta para patrulhar pela cidade e que começarão a filmar pelas ruas desde esta semana. São do tipo {scooter} da marca {Piaggio}, com um motor de quatro tempos, 300 centímetros cúbicos, de arranque elétrico e provistas de todos os elementos necessários em matéria de segurança. Destaca na parte lateral o anagrama do 092 a cores homologado e a instalação do sistema de sereia desde o guiador. O custo das oito motocicletas foi de perto de 50.000 euros (IVA incluído), entregues pela empresa Motas Dani, adjudicatária do contrato por concurso.

Antonio Ramírez, intendente chefe da policia municipal, assinalou que «eram necessárias para dar um serviço mais próximo aos cidadãos. Agora a ideia é frequentar mais a zona das bairros, já que estas motas nos permitem ter mobilidade, chegar mais rápido e poder/conseguir também fazer patrulha a pé», recordando que «não vale montar em mota como se fora de passeio, mas descer e estar perto do cidadão».

Por outro lado, indicar que um problema que preocupa e muito à polícia é o incumprimento do plano de produtividade que deve paliar a falta de efetivos para cobrir os serviços especiais. De facto, segundo Abel Corcho, a maioria dos agentes deixarão de fazê-los se a Câmara Municipal não faz face aos pagamentos dos realizados desde Dezembro.