+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

A Câmara Municipal oferta 89 postos de trabalho com contratos de um ano

As contratações se farão em Novembro para pessoas que estejam agora no desemprego. Contínuo, auxiliar de ajuda a domicílio e auxiliar administrativo, os que mais se oferecem

 

Josefina Barragán, vereadora de Recursos Humanos da Câmara Municipal, em conferência de imprensa. - R.C.

RODRIGO CABEZAS prov-badajoz@extremadura.elperiodico.com ALMENDRALEJO
11/10/2019

A Câmara Municipal de Almendralejo acaba de abrir uma convocatória de emprego para oferecer 89 postos de trabalho com contratos a tempo parcial e de um ano de duração graças ao programa de emprego Plano Experiência que impulsiona a Junta de Extremadura em colaboração com as câmara municipais. O investimento prevista é de 902.000 euros, dos que a câmara municipal só/sozinho tem que dar 37.000 euros.

As contratações se farão todas em Novembro e em todos os casos por um ano. Os postos mais oferecidos são os de pessoal de apoio (contínuos) com até 14 contratações, auxiliares de ajuda a domicílio com 12, e pessoal de apoio administrativo com 11. O resto são: dois preparadores físicos, um veterinário para o canil municipal, um treinador de prevenção em riscos laborais, um trabalhador social de atenção a toxicodependentes, um topógrafo, um educador social de infância e mulher, um treinador de juventude, três monitores para creche infantil, um {delineante}, três monitores de música, um monitor de ambiente, dois animadores sócio-culturais, dois auxiliares técnicos de informática, cinco auxiliares técnicos de salvamento de piscinas, cinco técnicos monitores aquáticos, dois auxiliares técnicos de luzes e sons; dois monitores de lazer e tempo livre, um monitor de pintura, um monitor de informática, três ajudantes de biblioteca, dois ajudantes de turismo, três operários {sepulteros}, e trabalhador de apoio administrativo. A estes postos temos de somar outros oito reservados a pessoas desempregadas com algum tipo de deficiência, concretamente sete para a categoria/escalão de contínuos e um trabalhador de apoio administrativo.

Requisitos/ Os candidatos/candidatas devem estar inscritos no Sexpe como demandantes de emprego antes fazer-se o contrato. Não poderão aceder os que já foram contratados pelo plano Experiência nos últimos 24 meses, salvo que o tivessem sido por menos de seis meses. Os menores de 20 anos têm de ter o título de ESO ou um equivalente a efeitos laborais.

A Câmara Municipal recomenda que se consultem os requisitos que tem cada posto de trabalho e que estão publicados na web www.{almendralejo}.é.

O Sexpe fará uma primeira pré-seleção e as prioridades se organizarão atendendo a três grupos. Em primeiro lugar, os demandantes de um primeiro empregado. Depois, os demandantes de emprego de longa duração (mais de 18 meses) e, por último, o resto. Logo, a Câmara Municipal tem a poder de realizar uma prova de adequação ao posto de trabalho que será também pontuável para a seleção definitiva.

Josefina Barragán, vereadora de Recursos Humanos, indicou que quase o 80% dos postos oferecidos são similares ao de convocatórias anteriores, embora têm introduzido algumas novidades.