+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

A Burrica e A {Burrita} abrem uma Páscoa pendente do céu

A possibilidade de precipitações desde o Quarta-feira Santo mantém em {vilo} às diferentes irmandades. Quatorze estabelecimentos participam na Rota da Tampa/petisco Confrade até ao próximo domingo 21

 

Saída da {Burrita} da paróquia da Purificación, ontem. - R.C.

RODRIGO CABEZAS epalmendralejo@gmail.com ALMENDRALEJO
15/04/2019

As irmandades e confrarias iniciam a Páscoa olhando ao céu. E não precisamente a seus passos, mas às previsões de chuva que ameaçam com desluzir a festa a partir do Quarta-feira Santo. Novamente, a chuva, grande inimigo da Páscoa, mantém em {vilo} aos confrades, já que as previsões de água vão crescendo desde na quarta-feira e poderiam manter-se até ao Domingo de Ressurreição, algo que poderia suspender algumas procissões.

Por enquanto, a Páscoa em Almendralejo se iniciou ontem com bom tempo e duas das procissões mais vistosas. A primeira em sair foi A Burrica, com mais de um centena de meninos vestidos de hebreus que cada ano representam a entrada de Jesús em {Jerusalem}. Esta procissão, que sai da paróquia de São Roque, é uma das poucas {representacions} viventes que se mantêm ainda em pé na Extremadura nestes dias. O público, que amontoa-se como é de costume às portas de São Roque para ver a saída, esperava com ânsia o passo de A Burrica, um dos grandes atrativos.

Desde a Purificación saiu algo mais tarde o passo de A {Burrita} que tira a confraria de Nosso Pai Jesús em sua Sagrada Entrada Triunfal em {Jerusalem}. Passa pelas ruas do centro e foi a primeira em passar pela corrida/curso oficial que se tem localizado ao longo/comprido de rua Real, desde a esquina da loja {Arias} até à fonte anexa ao parque de {Espronceda}. Por ali passarão todas as procissões deste ano. O público local poderá estar cómodo graças aos cinco bancadas de madeira que se têm colocado (três face à farmácia de Trigo e outros dois na Purificación), bem como dezenas de cadeiras para ver passar às irmandades.

Mais procissões/ A Páscoa local se reativa amanhã com a procissão da Oração no Horto do Terça-feira Santo que sairá às 21.00 horas da paróquia de São Roque.

Para o Quarta-feira Santo está a procissão de Os Estudantes, que partirá às 21.00 horas da paróquia de São José. É, possivelmente, uma das saídas mais emotivas de toda a Páscoa de Almendralejo, tanto/golo o pai de Jesús Cautivo como a virgem da Esperanza.

Para o Quinta-feira Santa há três procissões. Às 21.30 horas, A Mercê, desde São Roque. Esta irmandade vem pedindo nos últimos dias a necessidade de que se somem costaleros para levar seus passos. Mais tarde, às doze da noite, sai a procissão do Silêncio, desde a Purificación. E às dois da madrugada, desde a igreja conventual de São Antonio, a procissão da Boa Morte.

Na Sexta-feira Santo sai o Cristo del Amparo às 19.00 horas, desde Os Pais, o Santo Coveiro, às 20.00 horas, desde a Purificación, e a procissão das Mulheres (a Soledad), às 23.30 horas desde a Purificación. Por último, no domingo sai o Cristo Resucitado às 12.45 horas desde São Roque.

Rota da Tampa/petisco/ De outro lado, durante estes dias e até ao domingo 21 celebra-se a VI Rota da Tampa/petisco Confrade na qual estabelecimentos locais oferecem {tapias} muito variadas a preços populares. Neste ano participam: Bar Estádio, A Bolota, {Sancris}, A {Bodeguita}, Café Real, Panorama, Restaurante típico do Trevo, A Taberna de María Antonia, {Castúo}, O {Peque}, {Debarros}, O Avô, Churraria São Roque e {Obrador} de Santiago. Também se repartem 3.000 dípticos de Páscoa.