+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

Aprovado outro plano para alcatroar e arrumar uma dezena de ruas

Investirão 140.000 euros dos fundos Dinamiza restantes do qual teve antes. Converterão em plataforma única um troço da rua Ricardo Romero

 

Antolín Trigo, vereador de Obras da Câmara Municipal, explicou ontem as medidas em conferência de imprensa. - R.C.

RODRIGO CABEZAS prov-badajoz@extremadura.elperiodico.com ALMENDRALEJO
25/10/2019

A Câmara Municipal de Almendralejo, após um acordo adotado na junta de governo local, tem aprovado um novo plano de alcatroado que servirá para arrumar uma dezena de ruas, ao passo que se dá continuidade ao executado faz uns meses e que serviu para arranjar mais de meio centena de vias. Este primeiro foi executado com um investimento de 295.000 euros com cargo ao Plano Dinamiza da Diputación de Badajoz. A licitação se diminuiu numa quantiosa quantidade/quantia próxima aos 140.000 euros, dinheiro que se investirá agora para alcatroar mais ruas.

Segundo explicou ontem o vereador de Obras da Câmara Municipal, Antolín Trigo, se têm selecionado aquelas vias cuja melhoria era mais urgente. Assim a intervenção se fará sobre/em relação a 11.777 metros quadrados que afetam às ruas {Macarena}, {Triana}, Torre do Ouro, Viveiro, {Cuéllar}, {Panamá}, Xerez, Miguel Marín, Fernando Nieto e o troço compreendido entre Julián Hernández e a avenida de São Antonio. Também, também está contemplado acabar o alcatroado da rua Geral {Golfín} e terá um saco/sacola/bolsa reservado para determinadas atuações mais pequenas de {bacheos} ou elevações por segurança.

O delegado de Obras indicou que o processo está quase facto/feito e, em breve, se tirará a concurso aberto para que as empresas optem ao contrato. Terá um período de 20 dias para apresentar ofertas, pelo que estimam que num mês pode ser adjudicado. Antolín Trigo recordou que ainda há muitas ruas que necessitam ser arranjadas e alcatroadas, pelo que não descartam que nos orçamentos do próximo ano se contemple outro plano.

Calle Ricardo Romero/ De outro lado, mediante resolução de Presidência da câmara municipal, a junta de governo local também tem aprovado a obra para converter em plataforma única a rua Ricardo Romero no troço compreendido entre Julián Hernández e rua A Erva.

A ideia da equipa de governo é executar uma plataforma única formada por paralelepípedos e {losetas} que permitam um trânsito mais fluido e fazê-la mais acessível para os viandantes. Esta obra é necessária, segundo o vereador, porque a rua é muito estreita. Esta atuação também contempla melhorar as redes de abastecimento de água e criar uma pequena rede de telecomunicações ao serviço da Câmara Municipal.

A realização desta obra, no entanto, eliminará grande parte dos estacionamentos em Ricardo Romero, deixando só/sozinho aqueles que estão mais próximos à rua Julián Hernández. Estes trabalhos se têm licitado por 141.788 euros (IVA incluído).

As bases do contrato, informou Trigo, serão publicadas em breve e se espera que esteja adjudicado num mês enquanto o prazo para a realização dos trabalhos é de dois meses.